Leitura criativa com crianças

Junte os livros todos que você tem em casa que trazem animais de selva e de fazenda.

Vamos brincar!

[gallery type="slideshow" size="large" ids="4273,4277,4276,4275"]

Junte os livros todos que você tem em casa que trazem animais de selva e de fazenda.

Vamos brincar!

Que bom que veio! Vou falar um pouquinho de como fazer uma leitura criativa com crianças pequenas e até adapta-las para outras idades. O objetivo do post é mostrar a brincadeira que sugiro para o pós-leitura (no final do post), mas trouxe sugestões pré-leitura e leitura para sermos ainda mais criativos. Essa atividade eu fiz para minha filha bilíngue e ela super curtiu. Vamos juntos!

Pré-leitura

Como atividade pré-leitura pode ser

  • uma música tipo ‘O sítio do seu Lobato’ (old mac Donald had a farm) ou “Como é verde na floresta‘ (vídeo aqui)
  • um jogo de mímica com os animais para fazer as crianças imitarem os animais com você ou adivinharem (depende da idade)

Leitura

A ideia é mesmo usar todos os livros disponíveis que trazem os animais da selva ou da fazenda, como exposição de figuras e vocabulário ou como personagens. Em casa ou na escola sempre tem aos montes. São geralmente aqueles livros que os bebês ganham de tocar, de banho, de ouvir e depois a medida que crescem com história em que os animais sejam os personagens. E ainda os animais pequenos que a criança possa ter.

  • Na escola eu pediria para as crianças trazerem os seus livros de animais favoritos (via agenda ou recadinho) e ainda um animalzinho que ela goste se ela tiver (pequeno).
  • Em casa é fácil pegar a criança e pedir para ela achar os livrinhos de animais que ela tem.
  • Uma roda de leitura para mostrar os livros de casa ou da escola seria muito legal. Dependendo da idade da criança ela mesma pode apresentar o livro.
  • Sorteia-se (escolhe-se) dois diferentes para fazer a leitura integral. Um com animais da selva e outro com animais da fazenda. Ou um livro de historinha em que os personagens sejam de um e de outro ambiente.

Pós-leitura:

a brincadeira ‘que animal é esse e onde ele vive?‘.

Para pós-leitura é preciso arrumar um jeito de esconder os animais para que eles sejam revelados apenas na hora da brincadeira. O vídeo da atividade você pode ver em meu Instagram pessoal aqui. É só solicitar acesso.

É preciso:

  • animais pequenos para serem  embrulhados no papel alumínio e colocados em uma caixa surpresa.
  • ou animais grandes embrulhados num saco de pano para eles tocarem e descobrirem o que é.
  • o objetivo é revelar os animais e separá-los em fazenda e selva ou os dois (coluna do meio).
  • material impresso ou em recorte para que as crianças (para crianças alfabetizadas os nomes em tiras) à medida que vão descobrindo os animais secretos os combinem com aqueles que já estão (impressos) distribuídos corretamente no chão.
  • estimular a criança verbalmente com as perguntas ‘que animal é esse? onde ele vive?

A diversão é garantida!!

O material que criei.

Eu criei o meu material (envelope com 8 imagens de animais da fazenda e outro com 8 animais da selva – com os nomes escritos) com os animais que eu queria. Você pode criar também fazendo recorte de revista ou imprimindo de algum lugar ou ainda comprando algo do tipo em livrarias. OU pode também pegar o que eu já fiz por R$3,00 o download.

 

Depois ainda dá para fazer um jogo de memória.

MovieCreator_20180105210823//embedr.flickr.com/assets/client-code.js

Contação de histórias

Tendo feito tudo isso (e mais que sua imaginação permitir) é hora de contar a história usando os animais e não as páginas do livro como ilustração e ainda as imitações que as crianças são capazes de fazer.

Era uma vez um leão (som de leão e mímica) que foi visitar uma fazenda e encontrou um porco gigante (som do porco). Um leão aqui na fazendo? Socorro – gritou o porco. Não, senhor porco, vim apenas para uma visita amiga. Queria saber como vivem os animais da fazenda – disse o leão…

E assim segue a historinha com o porco apresentando todos os animais que vivem por lá até que o leão convida o porco para ir à selva. O senhor porco pede para o leão dizer como é lá. Então o leão fala de como os animais são grande e o senhor porco diz ‘muito obrigada pelo convite, não quero ir não’.  Fim rsrs

Adaptações

Essa atividade é super fácil de adaptar para outras idades. Crianças em alfabetização e ainda ensino de outras línguas. Eu fiz em francês e português e deu sempre certo.

Leia ainda no blog

Compre nas lojas online

Jogo de memória com animais da Wallmart

Jogo de memória animais das Americanas

Biografia para crianças

Lembrei-me dia desses que minha mãe costumava comprar livros de biografias para termos em casa entre as diversas enciclopédias que tínhamos. Minha mãe nunca leu livros para mim ou meus irmãos (pelo menos não tenho essa lembrança), mas ela não nos deixava faltar aos olhos. Na verdade eles nos pulavam aos olhos já que ela, estrategicamente ou não, os colocou alí na sala de estar bem em frente ao nosso sofá emoldurando uma pequena televisão.

Entre as coleções que tínhamos havia uma chamada de grandes líderes que lí quando era adolescente ainda. Lí todas. Fitava a televisão e os fitava e por obra do tempo vago de uma adolescente curiosa acabei-os lendo um a um. Os que mais me marcaram foram as biográficas de Gandhi, Martin Luther King e Lincoln.

Lembrei-me dia desses que minha mãe costumava comprar livros de biografias para termos em casa entre as diversas enciclopédias que tínhamos. Minha mãe nunca leu livros para mim ou meus irmãos (pelo menos não tenho essa lembrança), mas ela não nos deixava faltar aos olhos. Na verdade eles nos pulavam aos olhos já que ela, estrategicamente ou não, os colocou alí na sala de estar bem em frente ao nosso sofá emoldurando uma pequena televisão.

Entre as coleções que tínhamos havia uma chamada de grandes líderes que lí quando era adolescente ainda. Lí todas. Fitava a televisão e os fitava e por obra do tempo vago de uma adolescente curiosa acabei-os lendo um a um. Os que mais me marcaram foram as biográficas de Gandhi, Martin Luther King e Lincoln.

Os benefícios de ler e saber de uma história real são bem interessantes para o desenvolvimento do pensamento crítico.

  • Consciência da realidade,
  • Valorização do outro,
  • Apreciar tomadas de decisões,
  • Refletir sobre ações reais…

É mesmo aprender a partir da experiência do outro em confronto com a realidade.

Pensei, agora que sou mãe (somos? Talvez você seja pai) e tenho uma pequena em casa o quanto seria legal ler e ter em casa biografias adaptadas para crianças. Livros infantis tem sempre ótimo potencial, logicamente, de envolvimento do público infantil. Se eu gosto eu compro. Não checo idade. Para mim o contato com o livro é o primeiro convite para lê-lo. Tenho livros para todas as idades infantis e deixo que minha filha desde bebê entre em contato com eles. Folheando, brincando com as imagens, ouvindo minha leitura, reconhecendo o objeto.

Selecionei aqui alguns livros (que tenho) que brincam com a biografia de personagens reais e misturam ficção com realidade. Para crianças de 4 anos a mais ouvirem, verem, tocarem e apreciarem.

Monet: Philippe e Claude São Amigos

Publicado pela Ciranda Cultural, o livro é assinado por Anna Obiol e Subi. É um livro que encanta muito mais pelas imagens dos quadros de Monet que em sequência ilustram uma história do que pelo texto. Uma boa forma de trazer Monet e o impressionismo francês para dentro de casa através da leitura e da descoberta de um personagem real.

Van Gogh: Paula e Vicent são amigos

Da mesma editora e autora do livro anterior, este traz a mesma proposta para apresentar Van Gogh às crianças. As ilustrações de Subi são lindas de verdade. Outra boa forma de usar esses livros que brincam com personagens reais é apresentar o mundo de onde eles vieram para os pequenos.

Mozart

Publicado pela Panda Books em capa dura este é o meu favorito. O texto é assinado pela autora dos anteriores. Ela tem uma série deles. Mozart vem com um CD e 11 peças clássicas de Mozart. Aqui em casa rola sempre.

NOTA: No momento desta publicação os livros não estavam disponíveis na Amazon e nem em outras livrarias. A forma de te-los é indicando à livraria que você gostaria de ser avisado assim que eles chegarem.

Para não deixar você no vazio aqui estão outros livros que seguem a mesma proposta.

//ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=qf_sp_asin_til&ad_type=product_link&tracking_id=suelenviana-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=8565381676&asins=8565381676&linkId=ec99a359372f0ea077990769d29833d7&show_border=true&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=fafafa//ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=qf_sp_asin_til&ad_type=product_link&tracking_id=suelenviana-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=8578880900&asins=8578880900&linkId=032b117dd3ed8386cac1225885b1f93b&show_border=true&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=fafafa//ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=qf_sp_asin_til&ad_type=product_link&tracking_id=suelenviana-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=8578880927&asins=8578880927&linkId=3d9d521255168df03c7fa641f117bc2c&show_border=true&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=fafafa//ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=qf_sp_asin_til&ad_type=product_link&tracking_id=suelenviana-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=8578880919&asins=8578880919&linkId=f7c344aaf289a17f50b9f7bccbd07d7d&show_border=true&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=fafafa//ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=qf_sp_asin_til&ad_type=product_link&tracking_id=suelenviana-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=8556480004&asins=8556480004&linkId=5c761b66553dc0bba7c444409264c234&show_border=true&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=fafafa

 

Selvagem e feliz

Selvagem, a floresta inteira a adotou como filha.

Selvagem, a floresta inteira a adotou como filha.

 

Selvagem de Emily Hughes
Compre este livro

Sabe quando você compra um livro pela capa? Pois é! Mas não é para menos, a autora Emily Hughes (@emilyhughesillustrator) é a autora ilustradora. Então, nada mais natural do que ver antes da história em si, a imagem que ela quer construir. E as imagens são lindas e selvagens. A história? Mais simples não poderia ser. Uma menina que cresce na floresta e é adotada por toda a natureza em volta. Depois é encontrada por um casal que a leva para cidade e a tenta ‘educar’ nos moldes de nossa civilização. Um desastre, claro. Eles, os homens da cidade fazem tudo errado. Comem errado, falam errado… E finalmente descobrem ‘que ninguém pode domar uma criatura assim tão feliz e selvagem‘.

Uma historinha curta, engraçada e ao mesmo tempo significante para os dias atuais. A Pequena Zahar (@editorazahar) fez uma ótima escolha ao traduzir o livro. A minha pequena selvagem adora. Eu sugeriria ainda atividades de valorização de identidade e subjetividade para crianças maiores.

A forma como falamos, nossos sotaques, vocabulários… a forma como nos comportamos com nossos jeitos e trejeitos regionais característicos de onde viemos e nascemos é parte do que somos e se estamos felizes assim e isso não é mal ou ruim, não há porque ter vergonha.


//ad.lomadee.com/banners/script.js?sourceId=35949614&dimension=2&height=60&width=468&method=0

Outros títulos da mesma autora à venda no Brasil para quem lê em inglês.

A autora que é nascida no Hawai e criada em UK é simplesmente uma fantástica ilustradora. A Amazon.br tem alguns de seus títulos em inglês que certamente valem a pena.
//ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=qf_sp_asin_til&ad_type=product_link&tracking_id=suelenviana-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=8566642279&asins=8566642279&linkId=6191a592a6da766891b46484dbabf694&show_border=true&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=fafafa //ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=qf_sp_asin_til&ad_type=product_link&tracking_id=suelenviana-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=1909263087&asins=1909263087&linkId=95aa375b6efdee21dd941769416e8687&show_border=true&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=fafafa//ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=qf_sp_asin_til&ad_type=product_link&tracking_id=suelenviana-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=1909263435&asins=1909263435&linkId=a2f072cf6563ae9442ba51e97ef1f29e&show_border=true&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=fafafa//ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=qf_sp_asin_til&ad_type=product_link&tracking_id=suelenviana-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=0763682241&asins=0763682241&linkId=ea6a143092482304f0109f65878c1c27&show_border=true&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=fafafa

Orí & Kamí – um livrinho que brinca com a arte do origami

 Origami

‘Origami (do japonês: 折り紙, de oru, “dobrar”, e kami, “papel”) é a arte tradicional japonesa de dobrar o papel, criando representações de determinados seres ou objetos com as dobras geométricas de uma peça de papel, sem cortá-la ou colá-la’. fonte: Japão em foco

Em português dizemos dobradura, em francês diz-se l’art du pliage e em inglês chamamos de japanese paper bending or folding. Mas legal mesmo é dizer Origami. 🙂

 Origami

‘Origami (do japonês: 折り紙, de oru, “dobrar”, e kami, “papel”) é a arte tradicional japonesa de dobrar o papel, criando representações de determinados seres ou objetos com as dobras geométricas de uma peça de papel, sem cortá-la ou colá-la’. fonte: Japão em foco

Em português dizemos dobradura, em francês diz-se l’art du pliage e em inglês chamamos de japanese paper bending or folding. Mas legal mesmo é dizer Origami. 🙂

Minibook

Orí e Kamí dobraduras para criançasOrí & Kamí é nosso livrinho bilíngue (Fr-Pt-En) de hoje que traz para nossos pequenos brilhantes uma suave leitura que apresenta dois personagens que adoram brincar com papel e dobraduras, a arte do origami. Eles são Orí e Kamí, um menino e uma menina super espertos e apaixonados pela arte de dobrar papel.

Como sempre o livrinho vem com um QR code que leva a algum lunar na internet onde se aprende a fazer a dobradura que é parte da historinha.

A ideia por detrás dos QR codes é desde já educar nossos pequenos a fazerem bom uso das tecnologias de informação e comunicação. Levando a uma utilização educativa do conteúdo disponível na internet.

Quer conhecer a historinha e apresentar para seu pequeno? Escolha o que é melhor para você aqui em baixo, clique e faça o download.

Português- Inglês
Português-Francês

Para outros livrinhos clique aqui

Um provérbio

Para finalizar trago um provérbio japonês que simples e curto nos lembra sobre uma coisa muito importante.

“Ensinar é o caminho para aprender” –  教うるは学ぶの半ば Oshiuru wa manabu no nakaba

Fonte: made in Japan

Eu como professora que sempre fui tenho aprendido muito com tudo e ainda mais em sala de aula. Ensinando línguas a gente aprende a ouvir o outro e a valorizar o que ele diz. Aprende a compartilhar ideias e a cooperar antes de competir. Isso é o que veio como aprendizado para mim. E para você?

Sugestões

Separei aqui – porque antes de fazer o livrinho eu precisei eu mesma adquiri um bom  livro sobre origami para crianças – alguns livros legais para comprar e ter em casa. Origamis além de serem um ótimo passatempo junto é também uma maneira divertida de trabalhar a consciência geométrica e matemática da criança. Os preços variam entre 46 e 37 reais na Amazon. Veja esses.

 

 

 

Um grande abraço!

Les trois petits cochons | Os três porquinhos | Mini-book bilíngue

Olá!

No post anterior eu prometi o mini-book com a historinha dos três porquinhos. Aqui está. Uma pequena adaptação mini livro bilíngue os três porquinhos - português francêspara pequenas mãos bilíngues em português e francês.

Aproveite sem moderação!

Olá!

No post anterior eu prometi o mini-book com a historinha dos três porquinhos. Aqui está. Uma pequena adaptação mini livro bilíngue os três porquinhos - português francêspara pequenas mãos bilíngues em português e francês.

Aproveite sem moderação!

Visite o post anterior para baixar as imagens e fazer o fantoche de palitos para brincar ainda mais com essa classica historinha.

Download

Para baixar o mini-book é só clicar aqui.

Eu incluí um QR-code na penultima página que leva até uma musiquinha para sobre a história. Mas está apenas em Francês.

E aqui você pode pegar a história em áudio em francês e inglês.

Voilà! Bom passeio!

Os três porquinhos para contar e brincar com fantoches de palito.

[caption id="" align="alignleft" width="137"] Se desejar comprar é só clicar aqui.[/caption]

O livro

Os três porquinhos da editora Ciranda Cultural é uma pequena adaptação da historinha em seis páginas duras que tem feito muito sucesso aqui em casa com nossa pequena que logo fará 20 meses. Desde que tinha 12 meses que ela ouve essa historinha. Isso porque ela sempre pede mais e mais.

Se desejar comprar é só clicar aqui.

O livro

Os três porquinhos da editora Ciranda Cultural é uma pequena adaptação da historinha em seis páginas duras que tem feito muito sucesso aqui em casa com nossa pequena que logo fará 20 meses. Desde que tinha 12 meses que ela ouve essa historinha. Isso porque ela sempre pede mais e mais.

Há algum tempo passando por uma papelaria eu vi esses livros e resolvi levar para casa. Hoje vejo que na Amazon.br está ainda mais barato, e que existem outros bem interessantes com atividades em adesivo que as crianças normalmente adoram.

Curiosidades para os mais velhos

A história original não tem nada de graciosa e romântica como você já deve saber ou imaginar. Mas nada que a criatividade não tenha transformado em uma bela versão infantil que se pode contar sem medo algum de ferir a doce imaginação de nossos pequenos. Depois de adulto é sempre interessante continuar lendo e os originais são estimulantes.


//ad.lomadee.com/banners/script.js?sourceId=35949614&dimension=2&height=60&width=468&method=0

A Contação

Você sabe ler uma historinha para uma criança? Se você lê deixando a criança ouvir, observar as imagens, tocar e reagir, você está fazendo bem feito. Nenhuma criança vai gostar de apenas sentar e ouvir uma leitura corrida, né? Então, conte e reconte e faça isso do jeito mais dramático possível.

A brincadeira

A brincadeira é muito simples. A sugestão de hoje é um teatrinho de fantoches que pode ser feito com um teatrinho mesmo (num básico DIY) ou apenas com os fantoches. Aqui nós fizemos um teatrinho com uma caixa em que veio um joguinho de cozinha. Viramos a caixa.  Cortamos, pintamos, fizemos as cortinas e tecido mesmo, incluímos uma outra cortina branca para usarmos também num teatrinho de sombras e voilà! Não sei se nas fotos ao lado vai ser possível ver bem isso.

Detalhe

O diferencial nesses fantoches para o teatrinho é que eu criei uma base para os ir fixando na medida em que eles vão aparecendo na historinha. Assim não preciso tirar e colocar novamente (somente os que não vão permanecer no palco). A base eu fiz com um pedaço de rolo de piscina. Pode ser feita também com isopor. O importante é que seja possível enfiar os fantoches (de palitos) alí e que tudo seja feito preferencialmente com material reutilizado.

Os fantoches de palito

Os fantoches de palitos eu fiz não com palitos, mas com aqueles arames que usam nas padarias para fechar sacolas de plástico. Eu sempre guardo aquilo. Ficou perfeito porque são flexíveis e assim já aproveitei para guardar numa latinha de menthos e levar com ela em sua busy bag de viagens.

A grande sacada

A primeira vez que contei a historinha eu fiz com ela sentadinha só olhando e participando de longe. Depois eu pedi para ela me contar a historinha. Foi então que me surpreendi ao ver que ela apesar de não falar ainda sabe muito bem contar uma historia. Ela foi capaz de pegar os personagens na sequência, balbuciar algumas coisas e ainda soprar com o lobo. Isso sem que eu interferisse. Uma pena que eu não tenha ninguém em casa comigo a tarde para filmar tudo isso.

A imagens para os fantoches

As imagens dos três porquinhos eu achei num google search mesmo. Já não lembro onde, mas aqui estão as imagens e o link. Acho que foi em alguma lojinha da Elo7.

É isso! Um grande abraço e obrigada pela visita. Se fizer algo sugerido aqui manda fotinha para eu postar no instagran do blog ou posta na rede com a tag #quemvailerpramim.

Um beijos

P.s – o post com o minibook da historinha está aqui.

5 melhores blogs sobre literatura infantil

Selecionei hoje 5 blogs para quem gosta e se interessa em literatura infantil e quer construir a biblioteca pessoal dos pequenos leitores.

Ler é bom e isso parece que todo mundo sabe; mas escolher um livro infantil nem sempre é fácil. Por isso mesmo há um crescente número de clubes de livros infantis e de blogs que se dedicam a apresentar livros, resenhas e ofertas de livros para crianças. Bons livros não faltam e temos muita gente boa falando de literatura infantil por aí.

Vamos à seleção.

Selecionei hoje 5 blogs para quem gosta e se interessa em literatura infantil e quer construir a biblioteca pessoal dos pequenos leitores.

Ler é bom e isso parece que todo mundo sabe; mas escolher um livro infantil nem sempre é fácil. Por isso mesmo há um crescente número de clubes de livros infantis e de blogs que se dedicam a apresentar livros, resenhas e ofertas de livros para crianças. Bons livros não faltam e temos muita gente boa falando de literatura infantil por aí.

Vamos à seleção.

  1. A Cigarra e a formiga:

    Esse é sem dúvida o melhor deles. A blogueira e jornalista que comanda o blog é simplesmente fantástica em suas indicações. Além de gentil e bem humorada ela é realmente dedicada ao que faz. Ela mantem um canal no youtube que segue a mesma lingua do blog e que tem uma qualidade incrível e apresentação de quem sabe o que está fazendo. Eu mesma já comprei alguns livros indicados por ela.  O grande diferencial dela é que ela e os filhos realmente leem o que compartilham com a gente. Não são livros comerciais apenas, são livros aprovados pelos seus pequenos leitures.

  2. Kids indoors

    O segundo melhor e com muita coisa além de literatura infantil. Esse blog traz muitas novidades em literatura infantil pra quem gosta de ler com os pequenos. A fundadora do blog se chama Gisele. Desde 2008 dando dicas de literatura infantil para pais e professores e pra quem, como nós, ama literatura infantil. Acesse um pouco da nossa história e política de postagens aqui: http://www.kidsindoors.com.br/p/politica-de.html A fundadora informa que postam apenas o que as kids aprovam. Se não gostam do livro, ele não vai pro blog!

    ‘Não fazemos vídeos pois o objetivo é fazer as pessoas lerem, nem que seja uma resenha de livro infantil.’ – Gisele.

    A principio eu havia dito que eram jornalista, mas são artistas plásticas, ilustradoras e escritoras, assistente social e designer. O posto foi comentado pela autora do blog. ;°)

  3. Estante de letrinhas

    Esse blog é bem diferente dos dois primeiros. A proposta é aparentemente mais jornalistica (até porque está dentro do Estadão) e por isso mesmo traz outras oportunidades de pensar o próximo livro.

  4. A Taba

    É um blog empresarial de uma curadoria de livros infantis. Parece com a proposta do Leiturinha (que você já deve conhecer) mas é um pouco diferente. A curadoria do A Taba se compromete mesmo em enviar para você livros que vão fazer diferença na construção de seu pequeno leitor. Para quem não tem lá muita paciência de ir à busca do próximo livro, esse tipo de clube só ajuda. O blog é bem completo também.

  5. Fafá conta

    Por último mas não menos interessante é o blog da Fafá. Ela é atriz e conta histórias que encantam. O trabalho dela vem se revelando um dos melhores na arte de contação de histórias. Há muitas indicações de leituras lá também.

É isso! Quem vai ler pra mim?

//ad.lomadee.com/banners/script.js?sourceId=35949614&dimension=2&height=60&width=468&method=0

E a Amazônia, como vai? + Mini-book Amazônia

Mini-book bilingue AmazôniaMacaco, onça, bicho-preguiça, tamanduás, cobras, araras, boto cor-de-rosa e os povos da floresta. Tudo isso habita nosso imaginário quando pensamos em Amazônia. A dica de hoje são livros que falam sobre animais, indios e nossa floresta para crianças e adultos apreciarem, respeitarem e agirem para sua preservação.

Há uma semana estivesmos em Manaus para matar saudades de amigos e parentes. Como sempre foi ótimo. Encontramos pessoas incríveis. Nossa pequena de 21 meses teve tempo e espaço de sobra para correr com os primos e primas e para ter momentos memoráveis ao ar livre. Além de poder comer da melhor comida regional, a comida da vovó.

A Amazônia é um lugar fantástico de muitas maneiras. Nossa viagem a Manaus não mostrou nem um pingo d’água no rio Amazonas sobre o que é a Amazônia brasileira. Manaus é uma cidade mista de urbanidade e floresta. O povo também se faz assim, uma mistura de gente de fora com gente de dentro, cujos costumes se abraçam e embarassam. Manaus, como toda capital, é só um compacto  cultural e representa pouco, muito pouco do que o Amazônas é na Amazônia.

Mini-book bilingue AmazôniaMacaco, onça, bicho-preguiça, tamanduás, cobras, araras, boto cor-de-rosa e os povos da floresta. Tudo isso habita nosso imaginário quando pensamos em Amazônia. A dica de hoje são livros que falam sobre animais, indios e nossa floresta para crianças e adultos apreciarem, respeitarem e agirem para sua preservação.

Há uma semana estivesmos em Manaus para matar saudades de amigos e parentes. Como sempre foi ótimo. Encontramos pessoas incríveis. Nossa pequena de 21 meses teve tempo e espaço de sobra para correr com os primos e primas e para ter momentos memoráveis ao ar livre. Além de poder comer da melhor comida regional, a comida da vovó.

A Amazônia é um lugar fantástico de muitas maneiras. Nossa viagem a Manaus não mostrou nem um pingo d’água no rio Amazonas sobre o que é a Amazônia brasileira. Manaus é uma cidade mista de urbanidade e floresta. O povo também se faz assim, uma mistura de gente de fora com gente de dentro, cujos costumes se abraçam e embarassam. Manaus, como toda capital, é só um compacto  cultural e representa pouco, muito pouco do que o Amazônas é na Amazônia.

Se viajarmos para o Pará e visitamos Belém, por exemplo, veremos outro tanto de Amazônia compactada entre os prédios e muros da cidade. Muita coisa linda em pequenas amostras. Música, dança, culinária…

A Amazônia é um mundo de coisas. Há a Amazônia brasileira, a venezuelana, a peruana, colombiana… A Amazônia é hoje classificada como uma das 7 maravilhas da natureza do mundo moderno.

Sendo assim, por que esperar o dia do índio para falar de Amazônia? Acho que nossas crianças merecem saber o que precisamos preservar em nosso planeta.

Os livros

Literatura infantilkabé DerebuA sugestão de hoje é a leitura dos livros Um Passeio na Floresta Amazônica e Kabá Darebu. São livros feitos para crianças pequenas (com leitura compartilhada, guiada por um adulto enriquecedor) e para crianças maiores. A leitura é válida e os outores tem vivências bem diferenciadas sobre o que é a Amazônia. Um é americano e outro um indígena brasileiro do Pará. Não é demais?

A ideia

É simples. É sentar junto para uma leitura recheada de curiosidades e descobertas. Explorar texto e imagens e imaginação. Depois disso a ideia é usar massa de modelar e deixar que a criança crie sua pequena floresta. Se for bem pequenina, você pode fazer os animais da floresta com ela enquanto ela vai imitando os sons. Vai ser um curioso passa-tempo. 🙂

Mini-books ou apenas minilivros

 

Esses mini-books estão bem fofos. Como já dito em outros posts os mini-books nada mais são que uma forma de criar leitura rápida e criativa com as crianças.

Seja após a leitura de um livro com tema em comum, seja numa visita a um médico, na espera pela comidinha em um restaurante, numa viagem longa de avião ou trem (como é o nosso caso quase sempre). Os mini-livros sempre ajudam.

Impressão e dobradura

Na hora de imprimir escola paisagem e ajustar para caber. Se fizer em papel mais grosso que o normal, para a dobradura ficar perfeita é preciso fazer um corte entre as páginas de capa e a ultima página que ficam juntinhas.

Então vamos a eles:

 

  1. Amazônia minibook povos da floresta em inglês
  2. Amazônia atividade com Dauphin rose em francês adesivagem
  3. Amazônia atividade com o boto em inglês – adesivagem
  4. Amazonia minilivro do boto-cor-de-rosa português – inglês
  5. Amazonia minilivro sobre o boto cor-de-rosa português-frances
  6. Amazonie minibook português – francês

Espero que gostem. Se usarem de verdade e puderem me enviar fotos ou videos para postar aqui e na nossa página no face eu vou agradecer muito. sue@quemvailerpramim.com

O que já tem por aí

Os mini-books já estão vindo com QR codes para serem acessados pelos pais durante as leituras e interações compartilhadas. É preciso baixar o leitor de código QR gratuito em sua loja no celular, google play, windows, itunes…todos tem.

É isso! Quem vai ler pa mim?

//ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=qf_sp_asin_til&ad_type=product_link&tracking_id=suelenviana-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=8517215311&asins=8517215311&linkId=d92c9d84a9382498b66132521edd45a4&show_border=true&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=fafafa//ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=qf_sp_asin_til&ad_type=product_link&tracking_id=suelenviana-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=8574120863&asins=8574120863&linkId=777d8773d548b1b6895d441a44960061&show_border=true&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=fafafa

Os livros citados estão a venda online na Amazon.br, mas você certamente os encontra aí por perto em alguma livraria. Eu anuncio a Amazon.br porque é com ela que eu consigo algum din-din para investir nesse tempinho editando imagens e elaborando livrinhos pra gente. Um beijo

Sobre zoos e animais + mini-books

Então!

Zoo animals (animais de zoológico) versos animais na selva, savana, floresta… Que animais estariam mais felizes? Que tal discutir isso com as crianças?

Crianças são fascinadas por animais. Eles as intrigam de todas as formas. Seja pelo tamanho, pelas cores, pela vida que levam, pelos sons que fazem ou ainda pelo perigo que representam. Animais são simplesmente demais!

Então!

Zoo animals (animais de zoológico) versos animais na selva, savana, floresta… Que animais estariam mais felizes? Que tal discutir isso com as crianças?

Crianças são fascinadas por animais. Eles as intrigam de todas as formas. Seja pelo tamanho, pelas cores, pela vida que levam, pelos sons que fazem ou ainda pelo perigo que representam. Animais são simplesmente demais!

O livro que sugiro hoje é Dear Zoo” de Rod Campbell. Eu só conheço o livro em inglês. Se você conhece em outra língua deixa um comentário e me diz onde posso conseguir.  Vou adorar a dica.

O livro

Indicado para crianças de 1 até 6 anos, Dear Zoo, é um livrinho sobre uma carta que uma criança escreve para o Zoo pedindo um bichinho de estimação, um pet. O zoo responde a carta e envia vários animais os quais a criança vai rejeitando até que finalmente chega um que ela gosta. O animal perfeito. O livro atrai as crianças não só pelo texto, mas também pelo formato que é feito para a criança achar que está mesmo abrindo um pacote com um animal dentro. Para quem tem pequenos que estão aprendendo inglês ele é super indicado.

 

A ideia

A ideia é usar o livro que é super infantil e inocente para falar sobre zoos e animais (3 a 6 anos). Para buscar com as crianças o porquê de existirem zoológicos e animais de estimação. Conversa de gente grande em formato infantil. Elas ficam fascinadas com isso também. Bom para refletir sobre a forma como tratamos os animais. Afinal, onde eles são mais felizes? Em suas selvas ou em um zoológico?

Outra ideia é usar os animais que o livro traz para falar e brincar com outros animais através de descrições e mímicas. Que animal tem o rabo longo? Qual animal é o rei da selva? …

Jogos em família são outra coisa muito legal de fazer com a leitura de livros infantis. Livros que trazem animais certamente vão animar as mímicas. É só escrever os nomes dos animais na língua que se deseja trabalhar em pequenos papeis e deixar que cada um pegue um papel e imite o animal que está lá. A competição não é de quem acerta mais, é de quem faz melhor a mímica. Vale a pena!

Mini-books free download

Outra ideia legal são esses pequenos mini-books em português, inglês (tem versão animada com QR code aqui) e francês (também com versão em QR code aqui).Mini-book bilíngue São para explorar animais (diferentes do livro Dear Zoo). Com a imagem e a descrição dos animais é possível depois fazer um jogo de advinhações se seu pequeno já fala. Se não, um jogo de mímicas ou sons sempre diverte.

O legal desses livrinho é que eles cabem nas mãos dos pequenos e proporcionam momentos rápidos de leitura. Depois podem ser cortados e coloridos, ou transformados em imãs de geladeira ou um quebra-cabeças.

A outra proposta já foi dita nas ideias alí em cima. Deixar sempre claro para as crianças que o melhor lugar para os animais é a floresta em que habitam.

Imprima

  1. Save the forests
  2. Sauvons la foret
  3. Salve a floresta

Por aí pena net

Para além disso a série desse livro tem um site cheinho de atividades; é só clicar e acessar Dear Zoo and Friends. 

Os QR codes destacados em alguns de nossos mini-books trazem episódios da national geographic kids e/ou vídeos do youtube e youtube kids. São muito interessantes e educativos. Você precisa instalar um leitor de QR code no seu dispositivo. Feito isso é só procurar onde está o QR e efetuar a leitura com seu pequeno. Os QR codes relacionados ao tema do livro ou da página estarão sempre em uma das páginas ilustradas. O primeiro QR code, maior leva apenas à pagina de download deste blog.

  //ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=qf_sp_asin_til&ad_type=product_link&tracking_id=suelenviana-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=141694737X&asins=141694737X&linkId=cc48c112c8917cbf116f7fdaf98c1196&show_border=true&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=fafafa

O que tem dentro da sua fralda?

Pois é!

Antes dos dois anos de idade o bebe já começa avisar que está pipi ou cocô. Ele faz isso do jeitinho dele, mas faz. Alguns verbalizam com as palavras ‘pipí ou cocô’. Outros inventam suas palavrinhas mágicas para fazê-lo. O alerta que fica é: papai e mamãe, está na hora do desfralde! Mas, vamos com calma. Pode ser apenas o sinal de o início de uma processo que nunca é simples. Cada criança tem seu tempo e sua forma de encarar esse momento. Portanto paciência é a regra. E muito amor para que o bebê não acabe ficando com medo dessas situações.

O livro

Pois é!

Antes dos dois anos de idade o bebe já começa avisar que está pipi ou cocô. Ele faz isso do jeitinho dele, mas faz. Alguns verbalizam com as palavras ‘pipí ou cocô’. Outros inventam suas palavrinhas mágicas para fazê-lo. O alerta que fica é: papai e mamãe, está na hora do desfralde! Mas, vamos com calma. Pode ser apenas o sinal de o início de uma processo que nunca é simples. Cada criança tem seu tempo e sua forma de encarar esse momento. Portanto paciência é a regra. E muito amor para que o bebê não acabe ficando com medo dessas situações.

O livro

O livro O que tem dentro da sua fralda é a sugestão de hoje aqui do blog. É um livrinho simples e muito bem humorado para ler e rir com seus pequenos. Em inglês ele se chama Peek-a-Poo What’s in Your Diaper?.

É a histórinha de um ratinho curioso que sai catando os outros animais e baixando as fraldinhas deles para saber o que eles tem dentro dela. Ele descobre que todos tem um cocozinho. Até que todos os animais decidem saber o que ele, o ratinho, tem dentro da fralda dele. Quando os animais baixam a fralda do ratinho eles descobrem que não tem nada. O segredo do ratinho é que ele faz cocô no troninho. O livro termina com todos os animais aprendendo fazer cocô no troninho.

As imagens são muito fofas e a historinha em si é simples e redondinha. Dá pra ler, contar e recontar. Vale a pena!

A ideia

A ideia que o @quemvailerpramim traz não é menos simples que o livro. Fizemos um Mini-book com figurinhas de bebe para ilustrar os momentos do desfralde e acompanhar a historinha do ratinho, mas dessa vez com um bebê em ação. Além disso, fizemos um quadro de imagens para serem recortadas e coladas em um cartaz que poderá se chamar “Vamos celebrar os dias sem fraldinhas”. A criatividade fica a cargo de cada um para fazer o cartaz. As figurinhas podem ser impressas em papel fotográfico adesivo, ou simplesmente cortadas e coladas (mais divertido e mais barato). Super prático e incentivador. Outra ideia muito legal, porém um pouco mais cara, é comprar papel magnético e fazer o quadro de incentivos na porta da geladeira. Assim a criança ganha uma estrelinha para cada etapa cumprida e ela fixa essa estrelinha com as outras imagens lá na porta da geladeira.

O mini-book

Figuras para compor e alimentar o cartaz de ‘Vamos Celebrar o desfralde!’

celebrando o desfralde

Aqui nós já estamos no processo. Depois contamos como foi.

P.S Finalmente com 2 anos e 3 meses nossa bebe deixou as fraldas sem grandes problemas. Acho que valeu a pena ir brincando e aos poucos deixando ela sem a fraldinha para fazer o jogo do desfralde com o livrinho e a premiação acima.

Mini-books coleção pequenas mãos bilíngues (fr-en|pt-fr)

Então!

Mini-books existem e estão por aí há muitos anos. Não é, com certeza, uma invenção nossa, minha. Os mini-books da coleção pequenas mãos bilíngues aqui do @quemvailerpramim surgiram da vontade de conectar o livro lido (qualquer um deles) a algo feito com a criança e para a necessidade bilíngue dela.

Para algumas famílias de realidades bilíngues, que nunca estiveram nessa situação de construção de saber bilíngue antes, pode ser muito difícil o processo. Então, os livrinhos bilíngues (os poucos que já estão em nossa página de downloads) são apenas um guia pós-leitura para trazer ainda mais interação e diversão com a criança. Além de serem um livro que cabe nas mãos dela, são também uma ótima opção para levar em viagens e relembrar leituras feitas para preencher um tempo que com criança precisa ser muito bem administrado.

Então!

Mini-books existem e estão por aí há muitos anos. Não é, com certeza, uma invenção nossa, minha. Os mini-books da coleção pequenas mãos bilíngues aqui do @quemvailerpramim surgiram da vontade de conectar o livro lido (qualquer um deles) a algo feito com a criança e para a necessidade bilíngue dela.

Para algumas famílias de realidades bilíngues, que nunca estiveram nessa situação de construção de saber bilíngue antes, pode ser muito difícil o processo. Então, os livrinhos bilíngues (os poucos que já estão em nossa página de downloads) são apenas um guia pós-leitura para trazer ainda mais interação e diversão com a criança. Além de serem um livro que cabe nas mãos dela, são também uma ótima opção para levar em viagens e relembrar leituras feitas para preencher um tempo que com criança precisa ser muito bem administrado.

Eles trazem imagem e um pouco de texto que serve muito mais ao adulto enriquecedor que acompanha a criança do que à propria criança que pode não estar alfabetizada ainda. Texto é, porém, a imagem que tenta representar sons que aos poucos vão fazendo sentido na cabecinha da criança e que por isso mesmo não há mal que elas o vejam e o comecem a conectar com a leitura feita pelo adulto. É tudo um processo e o pequeno bilíngue vai vivenciar um processo de letramento duplo.

Sugestão de uso

A ideia é muito simples; dependendo do livro que você escolher a proposta poderá ser de colorir, adesivar, selecionar, imitar, realizar os sons, ou simplesmente recontar um historinha; que no caso de mini-book será na verdade recompor uma historinha já contada e recontada através das imagens selecionadas.

Há dois modelos e o mais prático é este cuja imagens de montagem está aqui ao lado. Uma simples dobradura com um corte no meio. O outro precisar ser recortado e colado, mas fica com um acabamento mais parecido com um pequeno livro.

Faça você mesmo

Faça o downloada, imprima e conte-nos como foi.

  1. Os três porquinhos – portugues e frances – uma pequena adaptação da história para caber literalmente nas mãos da criança.
  2. Os sons dos animais – inglês e francês – Que som faz o gato? E assim segue o livrinho perguntando em duas líguas.
  3. O som dos animais – português e francês – versão pt-fr do anterior
  4. O som dos animais – inglês e português – versão pt-en do anterior
  5. Meu cachorro | mon chien – para colorir – apenas para colorir e brincar com a frase “Meu cachorro vermelho (uma cor referente a cor que o cachorro será pintando) em duas línguas.
  6. Market day – inglês e francês – para a prender o nome das frutas.
  7. as dobraduras de kami e ori em ingles
  8. a lagarta comilona
  9. amazon miniboo povos da floresta english
  10. amazonie minibook versao atualizada
  11. as dobradura de kami em frances
  12. meu cachorro mon chien para colorir
  13. Mini-livro meu cachorro para colorir
  14. Mini-book Jours de marché. Dia de feira
  15. Mini-Book dia de feira. Market day. Jours de marché

A lagarta muito comilona | mini-book bilíngue

A ideia não é nova. Não é de hoje que a lagarta comilona de Eric Carle passeia pelo mundo infantil em casas, escolas, murais, espaços online… Não é nova, mas não é por isso que não é bom lembrar, não é? Então vamos de uma lagarta muito comilona em português, inglês e francês (ver mini-book coleção pequenas mãos bilingues).

A historinha é muito simples e facil de acompanhar. É simples mas tem um apelo enorme ao imaginário infantil. A lagarta é aquele bichinho que num dia de sol se põe a comer e comer até que se torna um casulo e vira borboleta. No processo de comer até se tornar uma linda borboleta a lagarta passa por dias diferentes e come quantidades e coisas bem diferentes e isso resulta em um mundo de cores e coisas a aprender e explorar.

A ideia não é nova. Não é de hoje que a lagarta comilona de Eric Carle passeia pelo mundo infantil em casas, escolas, murais, espaços online… Não é nova, mas não é por isso que não é bom lembrar, não é? Então vamos de uma lagarta muito comilona em português, inglês e francês (ver mini-book coleção pequenas mãos bilingues).

A historinha é muito simples e facil de acompanhar. É simples mas tem um apelo enorme ao imaginário infantil. A lagarta é aquele bichinho que num dia de sol se põe a comer e comer até que se torna um casulo e vira borboleta. No processo de comer até se tornar uma linda borboleta a lagarta passa por dias diferentes e come quantidades e coisas bem diferentes e isso resulta em um mundo de cores e coisas a aprender e explorar.

Títulos

Em inglês o livro se chama A very hungry caterpillar; em francês La chenille qui fait des trous; e em português Uma lagarta muito comilona.

A ideia

A proposta aqui do Quem vai ler pra mim? é usar dessa historinha para reconstruir outras e assim ajudar a criança a compor sua própria versão da história. Um passeio na feira, uma visita à cozinha são mais do que convidativos para brincar com essa narrativa. Momento junto para pais e filhos, professores e alunos. Por isso a crianção dos Mini-books. Eles não trazem a historinha. Trazem apenas a ilustração resumida dela.

Youtube videos

No canal do blog no youtube há dois videos com atividades de memorização para crianças mais velhas e, se acompanhados de um adulto enriquecedor, crianças mais novas também. Eles estão em ingles e francês.

Aqui o vídeo do jogo de memória em inglês.

Aplicativos

Quem gosta de aplicativos educacionais, foi lançado em 2016 no ITunes um aplicativo educacional fantástico sobre a historinha. Está em inglês, logicamente, e se chama “The very hungry caterpillar shapes and colors”. Há outros muito fofos e bem feitos la loja do Google Play também. Em portuês e inglês. (O @quemvailerpramim só recomenda uso de telas interativas para crianças maiores de 2 anos. Isso porque até dois anos a presença dos pais ou de um adulto enriquecedor é fundamental para o desenvolvimento afetivo-emocional delas. Algo que deverá se sustentar por toda a vida. Para isso, não há melhor do que livros tradicionais, papel, e leituras compartilhadas)

Mini-Book coleção pequenas mãos bilíngues 

O mini-book Uma lagarta muito comilona (português-francês) da coleção pequenas mãos bilíngues aqui do @quemvailerpramim é pequenino para caber nas mãos de pequeninos. É só imprimir, cortar, colar e aproveitar. Faça o download.

Uma lagarta muito comilona – minibook bilíngue português e francês

 Compre o livro

E caso você ainda não tenha o livro, é fácil comprar online ou mesmo em uma livraria aí por perto.
https://ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=qf_sp_asin_til&ad_type=product_link&tracking_id=suelenviana-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=8574168602&asins=8574168602&linkId=166aa0be32e4ea35251067756afcd1ac&show_border=false&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=ffffff

É isso!