Biografia para crianças

Lembrei-me dia desses que minha mãe costumava comprar livros de biografias para termos em casa entre as diversas enciclopédias que tínhamos. Minha mãe nunca leu livros para mim ou meus irmãos (pelo menos não tenho essa lembrança), mas ela não nos deixava faltar aos olhos. Na verdade eles nos pulavam aos olhos já que ela, estrategicamente ou não, os colocou alí na sala de estar bem em frente ao nosso sofá emoldurando uma pequena televisão.

Entre as coleções que tínhamos havia uma chamada de grandes líderes que lí quando era adolescente ainda. Lí todas. Fitava a televisão e os fitava e por obra do tempo vago de uma adolescente curiosa acabei-os lendo um a um. Os que mais me marcaram foram as biográficas de Gandhi, Martin Luther King e Lincoln.

Lembrei-me dia desses que minha mãe costumava comprar livros de biografias para termos em casa entre as diversas enciclopédias que tínhamos. Minha mãe nunca leu livros para mim ou meus irmãos (pelo menos não tenho essa lembrança), mas ela não nos deixava faltar aos olhos. Na verdade eles nos pulavam aos olhos já que ela, estrategicamente ou não, os colocou alí na sala de estar bem em frente ao nosso sofá emoldurando uma pequena televisão.

Entre as coleções que tínhamos havia uma chamada de grandes líderes que lí quando era adolescente ainda. Lí todas. Fitava a televisão e os fitava e por obra do tempo vago de uma adolescente curiosa acabei-os lendo um a um. Os que mais me marcaram foram as biográficas de Gandhi, Martin Luther King e Lincoln.

Os benefícios de ler e saber de uma história real são bem interessantes para o desenvolvimento do pensamento crítico.

  • Consciência da realidade,
  • Valorização do outro,
  • Apreciar tomadas de decisões,
  • Refletir sobre ações reais…

É mesmo aprender a partir da experiência do outro em confronto com a realidade.

Pensei, agora que sou mãe (somos? Talvez você seja pai) e tenho uma pequena em casa o quanto seria legal ler e ter em casa biografias adaptadas para crianças. Livros infantis tem sempre ótimo potencial, logicamente, de envolvimento do público infantil. Se eu gosto eu compro. Não checo idade. Para mim o contato com o livro é o primeiro convite para lê-lo. Tenho livros para todas as idades infantis e deixo que minha filha desde bebê entre em contato com eles. Folheando, brincando com as imagens, ouvindo minha leitura, reconhecendo o objeto.

Selecionei aqui alguns livros (que tenho) que brincam com a biografia de personagens reais e misturam ficção com realidade. Para crianças de 4 anos a mais ouvirem, verem, tocarem e apreciarem.

Monet: Philippe e Claude São Amigos

Publicado pela Ciranda Cultural, o livro é assinado por Anna Obiol e Subi. É um livro que encanta muito mais pelas imagens dos quadros de Monet que em sequência ilustram uma história do que pelo texto. Uma boa forma de trazer Monet e o impressionismo francês para dentro de casa através da leitura e da descoberta de um personagem real.

Van Gogh: Paula e Vicent são amigos

Da mesma editora e autora do livro anterior, este traz a mesma proposta para apresentar Van Gogh às crianças. As ilustrações de Subi são lindas de verdade. Outra boa forma de usar esses livros que brincam com personagens reais é apresentar o mundo de onde eles vieram para os pequenos.

Mozart

Publicado pela Panda Books em capa dura este é o meu favorito. O texto é assinado pela autora dos anteriores. Ela tem uma série deles. Mozart vem com um CD e 11 peças clássicas de Mozart. Aqui em casa rola sempre.

NOTA: No momento desta publicação os livros não estavam disponíveis na Amazon e nem em outras livrarias. A forma de te-los é indicando à livraria que você gostaria de ser avisado assim que eles chegarem.

Para não deixar você no vazio aqui estão outros livros que seguem a mesma proposta.

//ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=qf_sp_asin_til&ad_type=product_link&tracking_id=suelenviana-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=8565381676&asins=8565381676&linkId=ec99a359372f0ea077990769d29833d7&show_border=true&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=fafafa//ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=qf_sp_asin_til&ad_type=product_link&tracking_id=suelenviana-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=8578880900&asins=8578880900&linkId=032b117dd3ed8386cac1225885b1f93b&show_border=true&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=fafafa//ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=qf_sp_asin_til&ad_type=product_link&tracking_id=suelenviana-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=8578880927&asins=8578880927&linkId=3d9d521255168df03c7fa641f117bc2c&show_border=true&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=fafafa//ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=qf_sp_asin_til&ad_type=product_link&tracking_id=suelenviana-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=8578880919&asins=8578880919&linkId=f7c344aaf289a17f50b9f7bccbd07d7d&show_border=true&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=fafafa//ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=qf_sp_asin_til&ad_type=product_link&tracking_id=suelenviana-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=8556480004&asins=8556480004&linkId=5c761b66553dc0bba7c444409264c234&show_border=true&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=fafafa

 

Selvagem e feliz

Selvagem, a floresta inteira a adotou como filha.

Selvagem, a floresta inteira a adotou como filha.

 

Selvagem de Emily Hughes
Compre este livro

Sabe quando você compra um livro pela capa? Pois é! Mas não é para menos, a autora Emily Hughes (@emilyhughesillustrator) é a autora ilustradora. Então, nada mais natural do que ver antes da história em si, a imagem que ela quer construir. E as imagens são lindas e selvagens. A história? Mais simples não poderia ser. Uma menina que cresce na floresta e é adotada por toda a natureza em volta. Depois é encontrada por um casal que a leva para cidade e a tenta ‘educar’ nos moldes de nossa civilização. Um desastre, claro. Eles, os homens da cidade fazem tudo errado. Comem errado, falam errado… E finalmente descobrem ‘que ninguém pode domar uma criatura assim tão feliz e selvagem‘.

Uma historinha curta, engraçada e ao mesmo tempo significante para os dias atuais. A Pequena Zahar (@editorazahar) fez uma ótima escolha ao traduzir o livro. A minha pequena selvagem adora. Eu sugeriria ainda atividades de valorização de identidade e subjetividade para crianças maiores.

A forma como falamos, nossos sotaques, vocabulários… a forma como nos comportamos com nossos jeitos e trejeitos regionais característicos de onde viemos e nascemos é parte do que somos e se estamos felizes assim e isso não é mal ou ruim, não há porque ter vergonha.


//ad.lomadee.com/banners/script.js?sourceId=35949614&dimension=2&height=60&width=468&method=0

Outros títulos da mesma autora à venda no Brasil para quem lê em inglês.

A autora que é nascida no Hawai e criada em UK é simplesmente uma fantástica ilustradora. A Amazon.br tem alguns de seus títulos em inglês que certamente valem a pena.
//ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=qf_sp_asin_til&ad_type=product_link&tracking_id=suelenviana-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=8566642279&asins=8566642279&linkId=6191a592a6da766891b46484dbabf694&show_border=true&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=fafafa //ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=qf_sp_asin_til&ad_type=product_link&tracking_id=suelenviana-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=1909263087&asins=1909263087&linkId=95aa375b6efdee21dd941769416e8687&show_border=true&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=fafafa//ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=qf_sp_asin_til&ad_type=product_link&tracking_id=suelenviana-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=1909263435&asins=1909263435&linkId=a2f072cf6563ae9442ba51e97ef1f29e&show_border=true&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=fafafa//ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=qf_sp_asin_til&ad_type=product_link&tracking_id=suelenviana-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=0763682241&asins=0763682241&linkId=ea6a143092482304f0109f65878c1c27&show_border=true&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=fafafa

Os três porquinhos para contar e brincar com fantoches de palito.

[caption id="" align="alignleft" width="137"] Se desejar comprar é só clicar aqui.[/caption]

O livro

Os três porquinhos da editora Ciranda Cultural é uma pequena adaptação da historinha em seis páginas duras que tem feito muito sucesso aqui em casa com nossa pequena que logo fará 20 meses. Desde que tinha 12 meses que ela ouve essa historinha. Isso porque ela sempre pede mais e mais.

Se desejar comprar é só clicar aqui.

O livro

Os três porquinhos da editora Ciranda Cultural é uma pequena adaptação da historinha em seis páginas duras que tem feito muito sucesso aqui em casa com nossa pequena que logo fará 20 meses. Desde que tinha 12 meses que ela ouve essa historinha. Isso porque ela sempre pede mais e mais.

Há algum tempo passando por uma papelaria eu vi esses livros e resolvi levar para casa. Hoje vejo que na Amazon.br está ainda mais barato, e que existem outros bem interessantes com atividades em adesivo que as crianças normalmente adoram.

Curiosidades para os mais velhos

A história original não tem nada de graciosa e romântica como você já deve saber ou imaginar. Mas nada que a criatividade não tenha transformado em uma bela versão infantil que se pode contar sem medo algum de ferir a doce imaginação de nossos pequenos. Depois de adulto é sempre interessante continuar lendo e os originais são estimulantes.


//ad.lomadee.com/banners/script.js?sourceId=35949614&dimension=2&height=60&width=468&method=0

A Contação

Você sabe ler uma historinha para uma criança? Se você lê deixando a criança ouvir, observar as imagens, tocar e reagir, você está fazendo bem feito. Nenhuma criança vai gostar de apenas sentar e ouvir uma leitura corrida, né? Então, conte e reconte e faça isso do jeito mais dramático possível.

A brincadeira

A brincadeira é muito simples. A sugestão de hoje é um teatrinho de fantoches que pode ser feito com um teatrinho mesmo (num básico DIY) ou apenas com os fantoches. Aqui nós fizemos um teatrinho com uma caixa em que veio um joguinho de cozinha. Viramos a caixa.  Cortamos, pintamos, fizemos as cortinas e tecido mesmo, incluímos uma outra cortina branca para usarmos também num teatrinho de sombras e voilà! Não sei se nas fotos ao lado vai ser possível ver bem isso.

Detalhe

O diferencial nesses fantoches para o teatrinho é que eu criei uma base para os ir fixando na medida em que eles vão aparecendo na historinha. Assim não preciso tirar e colocar novamente (somente os que não vão permanecer no palco). A base eu fiz com um pedaço de rolo de piscina. Pode ser feita também com isopor. O importante é que seja possível enfiar os fantoches (de palitos) alí e que tudo seja feito preferencialmente com material reutilizado.

Os fantoches de palito

Os fantoches de palitos eu fiz não com palitos, mas com aqueles arames que usam nas padarias para fechar sacolas de plástico. Eu sempre guardo aquilo. Ficou perfeito porque são flexíveis e assim já aproveitei para guardar numa latinha de menthos e levar com ela em sua busy bag de viagens.

A grande sacada

A primeira vez que contei a historinha eu fiz com ela sentadinha só olhando e participando de longe. Depois eu pedi para ela me contar a historinha. Foi então que me surpreendi ao ver que ela apesar de não falar ainda sabe muito bem contar uma historia. Ela foi capaz de pegar os personagens na sequência, balbuciar algumas coisas e ainda soprar com o lobo. Isso sem que eu interferisse. Uma pena que eu não tenha ninguém em casa comigo a tarde para filmar tudo isso.

A imagens para os fantoches

As imagens dos três porquinhos eu achei num google search mesmo. Já não lembro onde, mas aqui estão as imagens e o link. Acho que foi em alguma lojinha da Elo7.

É isso! Um grande abraço e obrigada pela visita. Se fizer algo sugerido aqui manda fotinha para eu postar no instagran do blog ou posta na rede com a tag #quemvailerpramim.

Um beijos

P.s – o post com o minibook da historinha está aqui.

A lagarta muito comilona | mini-book bilíngue

A ideia não é nova. Não é de hoje que a lagarta comilona de Eric Carle passeia pelo mundo infantil em casas, escolas, murais, espaços online… Não é nova, mas não é por isso que não é bom lembrar, não é? Então vamos de uma lagarta muito comilona em português, inglês e francês (ver mini-book coleção pequenas mãos bilingues).

A historinha é muito simples e facil de acompanhar. É simples mas tem um apelo enorme ao imaginário infantil. A lagarta é aquele bichinho que num dia de sol se põe a comer e comer até que se torna um casulo e vira borboleta. No processo de comer até se tornar uma linda borboleta a lagarta passa por dias diferentes e come quantidades e coisas bem diferentes e isso resulta em um mundo de cores e coisas a aprender e explorar.

A ideia não é nova. Não é de hoje que a lagarta comilona de Eric Carle passeia pelo mundo infantil em casas, escolas, murais, espaços online… Não é nova, mas não é por isso que não é bom lembrar, não é? Então vamos de uma lagarta muito comilona em português, inglês e francês (ver mini-book coleção pequenas mãos bilingues).

A historinha é muito simples e facil de acompanhar. É simples mas tem um apelo enorme ao imaginário infantil. A lagarta é aquele bichinho que num dia de sol se põe a comer e comer até que se torna um casulo e vira borboleta. No processo de comer até se tornar uma linda borboleta a lagarta passa por dias diferentes e come quantidades e coisas bem diferentes e isso resulta em um mundo de cores e coisas a aprender e explorar.

Títulos

Em inglês o livro se chama A very hungry caterpillar; em francês La chenille qui fait des trous; e em português Uma lagarta muito comilona.

A ideia

A proposta aqui do Quem vai ler pra mim? é usar dessa historinha para reconstruir outras e assim ajudar a criança a compor sua própria versão da história. Um passeio na feira, uma visita à cozinha são mais do que convidativos para brincar com essa narrativa. Momento junto para pais e filhos, professores e alunos. Por isso a crianção dos Mini-books. Eles não trazem a historinha. Trazem apenas a ilustração resumida dela.

Youtube videos

No canal do blog no youtube há dois videos com atividades de memorização para crianças mais velhas e, se acompanhados de um adulto enriquecedor, crianças mais novas também. Eles estão em ingles e francês.

Aqui o vídeo do jogo de memória em inglês.

Aplicativos

Quem gosta de aplicativos educacionais, foi lançado em 2016 no ITunes um aplicativo educacional fantástico sobre a historinha. Está em inglês, logicamente, e se chama “The very hungry caterpillar shapes and colors”. Há outros muito fofos e bem feitos la loja do Google Play também. Em portuês e inglês. (O @quemvailerpramim só recomenda uso de telas interativas para crianças maiores de 2 anos. Isso porque até dois anos a presença dos pais ou de um adulto enriquecedor é fundamental para o desenvolvimento afetivo-emocional delas. Algo que deverá se sustentar por toda a vida. Para isso, não há melhor do que livros tradicionais, papel, e leituras compartilhadas)

Mini-Book coleção pequenas mãos bilíngues 

O mini-book Uma lagarta muito comilona (português-francês) da coleção pequenas mãos bilíngues aqui do @quemvailerpramim é pequenino para caber nas mãos de pequeninos. É só imprimir, cortar, colar e aproveitar. Faça o download.

Uma lagarta muito comilona – minibook bilíngue português e francês

 Compre o livro

E caso você ainda não tenha o livro, é fácil comprar online ou mesmo em uma livraria aí por perto.
https://ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=qf_sp_asin_til&ad_type=product_link&tracking_id=suelenviana-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=8574168602&asins=8574168602&linkId=166aa0be32e4ea35251067756afcd1ac&show_border=false&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=ffffff

É isso!