Na toca ou no buraco no tronco da árvore? As casas do bosque

Na toca, no buraco do tronco da árvore… Onde deve ser mais confortável? As casas do bosque tem lá seus mistérios. Corujas, pica-paus, esquilos, rapozas e coelhos. Cada um mora onde lhe é mais prático, não é?

Casas do Bosque livro infantilVamos ler e brincar?

O livro Casas do bosque já foi indicado aqui como presente de natal. Este ano após desencaixotarmos as mudanças ele foi novamente escolhido por ela, nossa pequena, para uma releitura. Desde bebê que ela escuta a leitura desse livro. Para cada fase um tipo de escuta. Quando bebê era do toque e reações à voz. Depois entre 1 e 2 anos começou a fase de revirar as páginas e puxar as guias interativas. Ela acabou de completar 3 anos e outra oportunidade de leitura surgiu: a leitura interativa e ativa. De ler, contar, aprender explicitamente e brincar.

Na toca, no buraco do tronco da árvore… Onde deve ser mais confortável? As casas do bosque tem lá seus mistérios. Corujas, pica-paus, esquilos, rapozas e coelhos. Cada um mora onde lhe é mais prático, não é?

Casas do Bosque livro infantilVamos ler e brincar?

O livro Casas do bosque já foi indicado aqui como presente de natal. Este ano após desencaixotarmos as mudanças ele foi novamente escolhido por ela, nossa pequena, para uma releitura. Desde bebê que ela escuta a leitura desse livro. Para cada fase um tipo de escuta. Quando bebê era do toque e reações à voz. Depois entre 1 e 2 anos começou a fase de revirar as páginas e puxar as guias interativas. Ela acabou de completar 3 anos e outra oportunidade de leitura surgiu: a leitura interativa e ativa. De ler, contar, aprender explicitamente e brincar.

Sugestão de atividade

Leitura: livre e com ênfase na diferença entre toca e buraco no tronco e na questão de onde mora o animal.

Contação: livro fechado. A contação começa com ‘era uma vez…’ Era uma vez uma raposa que morava na…(a criança procura a raposa no livro e completa ‘toca’). Essa raposa tinha um amigo pica-pau que morava no (a criança procura a página e responde ‘buraco no tronco’). E finalmente a amiga coruja que nunca dormia a noite olhava todos dormindo de dentro de sua casa no (criança responde com ajuda ou não ‘tronco’)

Aprendizagem: Qual a diferença entre buraco no tronco e a toca? A criança aprende que a toca é no subsolo na terra e o buraco no tronco é na árvore viva e receptiva aos animais. A criança aprende também o som /T/ de tronco e toca. A criança aprende os diferentes nomes de animais do bosque e suas moradias.

Brincadeira: Tronco (buraco no tronco) x Toca – grita-se o nome de um animal e a criança (e todo mundo que estiver com ela) procura um abrigo ou em baixo dos móveis (toca) ou no alto dos móveis como cadeiras e sofás (tronco). Depois que já tiverem cansados dessa brincadeira pode variar para outra. Grita-se Toca ou Tronco e cada um fala o nome de um animal e corre para suas ‘moradas’ no alto ou no chão. Se tiver um quintal ou um jardim para brincar, melhor ainda. Dentro de casa dá para pegar os bichinhos de pelúcia e escolher quem mora na toca e quem mora no tronco e sair espalhando na casa em baixo ou em cima dos móveis. Olha que loucura pra gente arrumar depois haha. Além disso dá pra fazer desenho e arte com o tema. Boa sorte! 😉

Bom, é pra brincar, né gente? Então aqui em casa a brincadeira durou até eu dizer ‘chega! Não aguento mais’ haha.

É essa a dica de hoje.

Um grande abraço

Sue

Livros infantis em inglês no Brasil

Olá! Hi!

Para uma variedade de livros infantis traduzidos no Brasil existe um original em inglês que pode ser alcançado aqui mesmo por aqueles que praticam educação bilíngue (Pt-En) de seus filhos ou mesmo por professores e escolas de ensino de língua inglesa. Sabia?

Mas onde eles estão?

Algumas livrarias até os tem, mas não estão lá muito bem expostos e a gente acaba entrando e saíndo achando que eles não existes por lá.  A mesma coisa acontece com as livrarias online. Eu imagino que seja mais interessante vender a tradução em português, mas há outros públicos em um mundo globalizado afinal, não?

Aqui vão então algumas dicas de bons livros para ter em casa ou mesmo dar de presente para pequenos aprendizes de língua inglesa. O links são majoritariamento de livrarias online das quais sou associada (você me ajuda quando escolhe esses links). Alguns com frete gratis (apesar de levar ums 3 semanas até chegar);  mas caso você prefira visitar uma livraria física (o que também é muito legal) para saber se ela tem os títulos, é só abrir o post no celular na hora que estiver por lá e perguntar se eles tem.

Os autores

Entre os autores mais cotatos estão Dr. Seuss (do Cat in the hat), Shel Silverstein (do atual queridinho A parte que falta) e Eric Carle (da famosa Lagarta Comilona). Mas tem também Julia Donaldson (lembra do Grúfalo e Macaco Danado?), Marjorie Sharmat (Nate the great) e Munro Leaf (de O Touro Ferdnando). Todos conhecidos e queridíssimos dos mais ligados em literatura infantil.

Vamos aos livros?

The Story of Ferdnand

The story of Ferdinand
Compre aqui

É emocionante quando um autor consegue não somente ter seu livro publicado, mas também lido e apreciado em varios cantos do mundo, não é não?

O touro Ferdinando de Munro Leaf foi publicado em 1936, sabia? Mas nunca deixou de ser atual. A mensagem é simples e pontual: para que serve a violência afinal? (gostou das rimas? rsrs).

Um touro que prefere sentir o aroma das flores a se debater em touradas nos dá uma ótima lição de paz e amor. Foi o livro favorite de Gandhi e foi também queimado pelos nazistas na Alemanha. O Touro Ferdinando é uma leitura obrigatória, minha gente! Em inglês ou em qualquer língua. Se preferir o português clique aqui.

 

Where’s my Mom

Where's my mon?
Compre aqui

No Brasil foi traduzido como Macaco Danado e o original em inglês britânico tem o nome de Monkey puzzle. A autora é Julia donaldson e tem diversos livros traduzidos no Brasil. Este em especial é ótimo para crianças na fase pré-leitor dos 2 até os 5 anos para fazer uma leitura compartilhada divertida e curiosa.

Um macaquinho bebê que se perde de sua mãe e a tenta encontrar com a ajuda de uma borboleta meio atrapalhada que segue as descrições que o macaquinho dá de sua mãe bem ao pé da letra. É fofo e divertido.

Muito bom para expor vocabulário familiar como animais, descrição física, cores… E melhor: vem com rimas, o que é maravilhoso para o desenvolvimento da linguagem oral da criança.

Para os que o preferem em português é só clicar aqui.

The Gruffalo

O Grúfalo, minha gente, é também de Julia Donaldson, eu tinha que postar mais esse (poderia postar outros tantos, mas não posso criar um post longo demais, né? rsrs)

Imagine você que um ratinho encontra um meio  muito esperto para se livrar das espertezas de outros animais pela selva. Todos parecem muito bem intencionados mas o ratinho que não é bobo nem nada e é também muito criativo fala de seu amigo Grúfalo e o descreve de forma muito amendontradora a ponto de cada bicho danado que andava achando que ia devorar o ratinho num jantar sai correndo de medo. E por sinal, não é que o Grúfalo, tal como ele descrevera aparece no final!

É uma história folclórica muito parecida com aquelas que se ouvia e se passava de boca em boca na cultura oral. É simples e genial. Ah! E tem rimas.

Para a versão em português clique aqui.

If you give a mouse a cookie

Compre aqui.

Este é um bestseller no New York times. Laura Joffe Numeroff e Felicia Bond tem uma série desses If you give… books. Eles são maravilhos para pequenos pequeninos desde os 2+ ou até antes se você quiser aventurar numa contação de história criativa e atraente.  Eu apresento os livros para minha pequena desde 9 meses (livros mesmo). Sempre acreditei que livros infantis fazem sentido para os pequenos desde que sejamos capazes de explorar imagem e história com criatividade para cada fase. 

Esse em especial é ótimo para crianças que estão no nível iniciante de aprendizado da língua inglesa porque apresenta vocabulário muito familiar para esta fase como objetos domesticos e outros.

The missing piece

Compre aqui

Well, well… Claro, aqui está ele, A parte que fatla de Shel Silverstein que apesar de não ser um livro novo teve em fevereiro deste ano um boom de procura nas livrarias nacionais por conta do video da Jout jout. Tanta gente falando dele sem sucesso e vem a Jout Jout e pah, impacta um tanto de gente. Fazer o que, né?

O livro é mais uma obra prima de Shel Silverstein e apesar de não ser meu favorito é primoroso (como os outros).

Para leitura compartilhada sempre vale mas eu indicaria para leitores iniciantes (a partir de 6 anos) e para adultos amantes de boas metáforas.

The giving tree

The giving tree
compre aqui

Adoro o The missing piece, mas o livro que me toca mesmo de Silverstein é este, A árvore generosa.

O quanto somos capazes de explorar da natureza sem jamais pensar nas consequências? O quanto somos capazes de tirar das pessoas que nos amam sem jamais considerar que as podemos estar matanto? É um livro com uma história triste, mas triste sem sangrar literalmente. Ele mexe na verdade com nossas emoções e certamente faz refletir sobre o que temos feito.

Como sempre digo, vale sempre a pena numa leitura compartilhada, com papai, mamãe ou professores, até porque tem frases curtas e rimas, mas para crianças que já conseguem ler em inglês (leitores em processo, desde os 8 anos) é maravilhoso.

Dr. Seuss collection

Dr. Seuss
Compre aqui.

Se você ainda não conhece os livros de Dr. Seuss aprece-se para conhecer. Nem você, nem seus pequenos merecem ficar à parte disso. E nenhuma escola de inglês deve ficar sem esses nas prateleiras. Assim como nenhum professor de inglês deve negar essa maravilha a seus alunos. É um MUST!

Com rimas lindas e histórias engraçadas Dr. Seuss é um clássico. Não dá para ficar sem ele.

 

 

Itsy Bitsy Spider

E para concluir, A dona aranha. Afinal esta lista não pode ficar endless. É preciso encerrar. E vou encerrar com este livro amado, idolatrado que cabe na palma da mão.

Dona aranha em novas e amadas aventuras. Com rimas e ilustrações maravilhosas.

Para pequenos desde 2 anos pedirem sempre.

 

Há  outros! É só procurar direitinho. Um abraço!

 

Outros títulos maravilhosos que talvez você deseje ter.

//ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=qf_sp_asin_til&ad_type=product_link&tracking_id=suelenviana-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=0399256040&asins=0399256040&linkId=b029e3a49af24e80ba0c5ec76f67758b&show_border=true&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=fafafa//ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=qf_sp_asin_til&ad_type=product_link&tracking_id=suelenviana-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=0718192672&asins=0718192672&linkId=4b3415c762cd823be3a3814755081a68&show_border=true&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=fafafa//ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=qf_sp_asin_til&ad_type=product_link&tracking_id=suelenviana-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=B00VKI4FPC&asins=B00VKI4FPC&linkId=b3fa29a5bf9a97139a2ea3035f5d8f97&show_border=true&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=fafafa//ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=qf_sp_asin_til&ad_type=product_link&tracking_id=suelenviana-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=0316012491&asins=0316012491&linkId=cc96e36b6b5936eafa68954ae7fbd99f&show_border=true&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=fafafa//ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=qf_sp_asin_til&ad_type=product_link&tracking_id=suelenviana-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=0316070408&asins=0316070408&linkId=b93b5c85a3c82ef5cc212d79e5746818&show_border=true&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=fafafa

Biografia para crianças

Lembrei-me dia desses que minha mãe costumava comprar livros de biografias para termos em casa entre as diversas enciclopédias que tínhamos. Minha mãe nunca leu livros para mim ou meus irmãos (pelo menos não tenho essa lembrança), mas ela não nos deixava faltar aos olhos. Na verdade eles nos pulavam aos olhos já que ela, estrategicamente ou não, os colocou alí na sala de estar bem em frente ao nosso sofá emoldurando uma pequena televisão.

Entre as coleções que tínhamos havia uma chamada de grandes líderes que lí quando era adolescente ainda. Lí todas. Fitava a televisão e os fitava e por obra do tempo vago de uma adolescente curiosa acabei-os lendo um a um. Os que mais me marcaram foram as biográficas de Gandhi, Martin Luther King e Lincoln.

Lembrei-me dia desses que minha mãe costumava comprar livros de biografias para termos em casa entre as diversas enciclopédias que tínhamos. Minha mãe nunca leu livros para mim ou meus irmãos (pelo menos não tenho essa lembrança), mas ela não nos deixava faltar aos olhos. Na verdade eles nos pulavam aos olhos já que ela, estrategicamente ou não, os colocou alí na sala de estar bem em frente ao nosso sofá emoldurando uma pequena televisão.

Entre as coleções que tínhamos havia uma chamada de grandes líderes que lí quando era adolescente ainda. Lí todas. Fitava a televisão e os fitava e por obra do tempo vago de uma adolescente curiosa acabei-os lendo um a um. Os que mais me marcaram foram as biográficas de Gandhi, Martin Luther King e Lincoln.

Os benefícios de ler e saber de uma história real são bem interessantes para o desenvolvimento do pensamento crítico.

  • Consciência da realidade,
  • Valorização do outro,
  • Apreciar tomadas de decisões,
  • Refletir sobre ações reais…

É mesmo aprender a partir da experiência do outro em confronto com a realidade.

Pensei, agora que sou mãe (somos? Talvez você seja pai) e tenho uma pequena em casa o quanto seria legal ler e ter em casa biografias adaptadas para crianças. Livros infantis tem sempre ótimo potencial, logicamente, de envolvimento do público infantil. Se eu gosto eu compro. Não checo idade. Para mim o contato com o livro é o primeiro convite para lê-lo. Tenho livros para todas as idades infantis e deixo que minha filha desde bebê entre em contato com eles. Folheando, brincando com as imagens, ouvindo minha leitura, reconhecendo o objeto.

Selecionei aqui alguns livros (que tenho) que brincam com a biografia de personagens reais e misturam ficção com realidade. Para crianças de 4 anos a mais ouvirem, verem, tocarem e apreciarem.

Monet: Philippe e Claude São Amigos

Publicado pela Ciranda Cultural, o livro é assinado por Anna Obiol e Subi. É um livro que encanta muito mais pelas imagens dos quadros de Monet que em sequência ilustram uma história do que pelo texto. Uma boa forma de trazer Monet e o impressionismo francês para dentro de casa através da leitura e da descoberta de um personagem real.

Van Gogh: Paula e Vicent são amigos

Da mesma editora e autora do livro anterior, este traz a mesma proposta para apresentar Van Gogh às crianças. As ilustrações de Subi são lindas de verdade. Outra boa forma de usar esses livros que brincam com personagens reais é apresentar o mundo de onde eles vieram para os pequenos.

Mozart

Publicado pela Panda Books em capa dura este é o meu favorito. O texto é assinado pela autora dos anteriores. Ela tem uma série deles. Mozart vem com um CD e 11 peças clássicas de Mozart. Aqui em casa rola sempre.

NOTA: No momento desta publicação os livros não estavam disponíveis na Amazon e nem em outras livrarias. A forma de te-los é indicando à livraria que você gostaria de ser avisado assim que eles chegarem.

Para não deixar você no vazio aqui estão outros livros que seguem a mesma proposta.

//ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=qf_sp_asin_til&ad_type=product_link&tracking_id=suelenviana-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=8565381676&asins=8565381676&linkId=ec99a359372f0ea077990769d29833d7&show_border=true&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=fafafa//ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=qf_sp_asin_til&ad_type=product_link&tracking_id=suelenviana-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=8578880900&asins=8578880900&linkId=032b117dd3ed8386cac1225885b1f93b&show_border=true&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=fafafa//ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=qf_sp_asin_til&ad_type=product_link&tracking_id=suelenviana-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=8578880927&asins=8578880927&linkId=3d9d521255168df03c7fa641f117bc2c&show_border=true&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=fafafa//ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=qf_sp_asin_til&ad_type=product_link&tracking_id=suelenviana-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=8578880919&asins=8578880919&linkId=f7c344aaf289a17f50b9f7bccbd07d7d&show_border=true&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=fafafa//ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=qf_sp_asin_til&ad_type=product_link&tracking_id=suelenviana-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=8556480004&asins=8556480004&linkId=5c761b66553dc0bba7c444409264c234&show_border=true&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=fafafa

 

Selvagem e feliz

Selvagem, a floresta inteira a adotou como filha.

Selvagem, a floresta inteira a adotou como filha.

 

Selvagem de Emily Hughes
Compre este livro

Sabe quando você compra um livro pela capa? Pois é! Mas não é para menos, a autora Emily Hughes (@emilyhughesillustrator) é a autora ilustradora. Então, nada mais natural do que ver antes da história em si, a imagem que ela quer construir. E as imagens são lindas e selvagens. A história? Mais simples não poderia ser. Uma menina que cresce na floresta e é adotada por toda a natureza em volta. Depois é encontrada por um casal que a leva para cidade e a tenta ‘educar’ nos moldes de nossa civilização. Um desastre, claro. Eles, os homens da cidade fazem tudo errado. Comem errado, falam errado… E finalmente descobrem ‘que ninguém pode domar uma criatura assim tão feliz e selvagem‘.

Uma historinha curta, engraçada e ao mesmo tempo significante para os dias atuais. A Pequena Zahar (@editorazahar) fez uma ótima escolha ao traduzir o livro. A minha pequena selvagem adora. Eu sugeriria ainda atividades de valorização de identidade e subjetividade para crianças maiores.

A forma como falamos, nossos sotaques, vocabulários… a forma como nos comportamos com nossos jeitos e trejeitos regionais característicos de onde viemos e nascemos é parte do que somos e se estamos felizes assim e isso não é mal ou ruim, não há porque ter vergonha.


//ad.lomadee.com/banners/script.js?sourceId=35949614&dimension=2&height=60&width=468&method=0

Outros títulos da mesma autora à venda no Brasil para quem lê em inglês.

A autora que é nascida no Hawai e criada em UK é simplesmente uma fantástica ilustradora. A Amazon.br tem alguns de seus títulos em inglês que certamente valem a pena.
//ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=qf_sp_asin_til&ad_type=product_link&tracking_id=suelenviana-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=8566642279&asins=8566642279&linkId=6191a592a6da766891b46484dbabf694&show_border=true&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=fafafa //ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=qf_sp_asin_til&ad_type=product_link&tracking_id=suelenviana-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=1909263087&asins=1909263087&linkId=95aa375b6efdee21dd941769416e8687&show_border=true&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=fafafa//ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=qf_sp_asin_til&ad_type=product_link&tracking_id=suelenviana-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=1909263435&asins=1909263435&linkId=a2f072cf6563ae9442ba51e97ef1f29e&show_border=true&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=fafafa//ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=qf_sp_asin_til&ad_type=product_link&tracking_id=suelenviana-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=0763682241&asins=0763682241&linkId=ea6a143092482304f0109f65878c1c27&show_border=true&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=fafafa

Carnaval com livro novo!

Carnaval! O lá lá ô!

Tudo bem por aí? Alguém aí levando os pequenos para o carnaval ou apenas curtindo aquele descanso merecido com tranquilidade e longe da folia?

Bom, não sei qual foi sua escolha, mas a o Quem vai ler pra mim? está ligado nas ofertas das editoras e trouxe esse post carnavalesco para comemorar novas aquisições de leituras com você.

Carnaval! O lá lá ô!

Tudo bem por aí? Alguém aí levando os pequenos para o carnaval ou apenas curtindo aquele descanso merecido com tranquilidade e longe da folia?

Bom, não sei qual foi sua escolha, mas a o Quem vai ler pra mim? está ligado nas ofertas das editoras e trouxe esse post carnavalesco para comemorar novas aquisições de leituras com você.

Os livros indicados abaixo estão todos com 10% de desconto. Vale a pena levar para a nossa pequenoteca  😆

Chapeuzinho AmareloUm lindo livro ilustrado por Ziraldo e escrito por Chico Buarque. Para crianças de 3 (a minha tem 2 rsrs) até 6 anos; e adultos apaixonados por textos poéticos e coloridos.

aproveite o desconto.

 

PollyanaPara os pequenos que já dominam a leitura a nossa boa e clássica Pollyana. Para refletir sobre a vida e tudo que ela traz em seu pacotinho. Pequenos adolescentes vão certamente adorar.

Aproveite o desconto!

 

MalalaA história de Malala é lindamente escrita e de fácil entendimento. Um livro reportagem dedicado ao público infantil feito com muito cuidado e amor. Super indico Malala, a menina que só queria ir para a escola.

Aproveite o desconto!

 

O carteiro chegouUm livro lindo que indico para qualquer idade. Criativo e inspirador com ilustrações encantadoras. Não pode faltar na vida literária de uma criança e nem na nossa. Ótimo para trabalhar envio de cartinhas, cartões postais (ainda se faz isso hoje em dia sabia?) emails e mensagens pedindo desculpas, agradecendo ou simplesmente compartilhando saudades. De leitura compartilhada (crianças que não sabem ler) à independente ele é adorável. Use o cupom CAMPANHA10 na hora da compra.

Aproveite o desconto!

 

Ossos do ofícioEsse cachorrinho é para pequenos pequeninos. Leitura fácil e imagens grande que encantam. ótimo para mostrar diferentes profissões já que o cachorrinho se interessa demais pelos ossos do ofício 🙂 Use o cupom CAMPANHA10 na hora da compra.

Aproveite o desconto!

 

O pequeno príncipeO clássico príncipe com versão para pequeninos é encantador. A história nós já conhecemos.

Aproveite o desconto!

 

Rinocerontes não comem panquecas.Rinocerontes e panquecas? Como isso? Bem, essa menina viu um rinoceronte comendo panquecas. Livro lindo de ilustração e texto. Para leitura compartilhada ou não ele traz mensagem para pais e filhos.

Aproveite o desconto!

 

Espero que você possa aproveitar da semana de desconto nessas editoras. Salvar uma graninha é sempre bom, né!

Bom carnaval!

Presente de Natal – livros para ler e brincar

Olá! Chegou Natal e você quer dar livros de presente? Ótimo! Há várias coisas que você pode fazer.

*No final do post tem um minilivro de presente de Natal para você.

    Olá! Chegou Natal e você quer dar livros de presente? Ótimo! Há várias coisas que você pode fazer.

    *No final do post tem um minilivro de presente de Natal para você.
    1. Entrar em um clube de livros, adquirir um mês, um kit, o que seja, e enviar para o endereço da criança que irá receber. Hoje em dia o que não falta são esses clubes que fazem o serviço de escolha por você.
    2. Ir a uma livraria e se deleitar com o espaço infantil aproveitando para ver tudo que eles oferecem. Legal mesmo é fazer isso com a criança que irá receber. Se der sorte ainda vai ter contação de história nesse dia.
    3. Acessar uma livraria online e escolher algo orientado para a idade que deseja (aconselho pedir conselho antes).
    4. Procurar por blogs de resenha de livros infantis (há uma infinidade deles, tal como esse em que você veio parar) e ver qual deles te dá uma boa dica. Se gostar da dica colabore com quem a deu clicando e comprando pelo blog mesmo.

    Em referência ao item 4 aí em cima, vou fazer minha parte para te ajudar; aqui vai a minha sugestão de livros para comprar e dar de presente, são 4 livros bem diferentes um do outro. Diferentes em texto, idade indicada, propósito, ilustração, papel e preço.

    Top 1 ♥

    Título: Cachorros não dançam balé.

    Autor: Anna Kemp (todos os livros dela são maravilhosos. Pena que alguns ainda não estão traduzidos para o português. Aqui você encontra alguns)

    Ilustração : Sara Ogilve (a ilustradora que conquistou meu coração também possui outros títulos encantadores. Veja aqui)

    Indicação: 1 a 7 anos de idade.

    Por que dar esse livro? : o livro é simplesmente lindo para começo de conversa. É daqueles livros que dá vontade de enquadrar. A ilustradora não  mediu talento para co-autorar o livro. As imagens (quer coisa que encante mais criança?) são de uma delicadeza e arte infantil inquestionáveis. A minha filha ama não só pela história (ela ganhou o livro com 18 meses de idade) mas também pelas imagens que são realmente encantadoras. Quanto a história, ela é muito simples, de linguagem rica, mas também simples e fala de um cachorro diferente dos outros: o filé. Filé não quer saber das coisas de cachorro. Ele quer saber de balé. Mas enfrenta algumas frustrações e desmotivações que só não minam com sua vontade de dançar balé porque ele realmente sonha com isso e realiza. Isso que é o mais legal da historinha. Esse cachorro dança balé. Compre! Super recomendo.

    Top 2 ♥ ♥

     Série: Cadê? Achou!

    Título: Festa das flores (há uma coleção de títulos nessa série. Vale a pena dar uma olhada aqui).

    Editora: Publifolhinha

    Idade: 0 a 4 anos

    Porque dar esse livro? – Crianças adoram tocar no livro que ‘leem’. Alguns livros vem com esse propósito mesmo, o toque. A série Cade? Achou! vem com o apelo do toque e do olhar. Isso porque é um pop-up que brinca com as cores. Minha filha ganhou quando completou 2 anos e ela está agora com 26 meses. É um livro que virou brinquedo. Ela carrega para todo canto da casa. Ela abre as páginas e lê para mim brincando com as folhas em pop-up. Vale a pena! Ele brinca com as cores dos bichinhos que traz; orboleta, passarinho, libélola, tartaruga… É um livro para desenvolver vocabulário. Compre aqui. Recomendo porque tenho e gosto.

    Top 3 ♥ ♥ ♥

    Série: Abra e descubra.

    Título: Número, palavras, tamanhos.

    Idade: 1 a 4 anos.

    Por que dar esse livro? – Esses livros, são 3 que vem em  uma caixa, foram feitos exclusivamente para criança expandir vocabulário brincando. ele traz uma pergunta ou uma frase e em seguida a criança levanta uma página e descobre a resposta espandindo o vocabulário para outras coisas em comum com a resposta. No início eu fiquei meio perdida em como usá-lo mas depois dei-me conta de que ele dá pano pra manga. Dá pra brincar com números, palavras e tamanhos de forma bem criativa. Aos 2 anos minha filha já faz bom proveito e aprendeu com esse livro a diferenciar alto e baixo. Achei o máximo. Clique e compre aqui.

    Top 4 ♥ ♥ ♥ ♥

    Série: Empurre e puxe

    Título: Casas do bosque

    Idade: 1-3 anos

    Por que dar o livro? – Esse é o mais em conta de todos os livros que sugeri acima. E confesso que não dei nada por ele quando o vi. Quem o escolheu foi o pai de minha filha. Somente quando ele chegou em casa que na hora da leitura vimos como ele realmente funcionava. Ele tem um texto pequeno falando de onde moram os animais como raposa, coelho, picapau, esquilo. E junto com o texto uma dinâmica de empurrar para ver onde eles moram. Simples assim. Curto e objetivo esse livrinho me surpreendeu porque consigo trabalhar diversos vocabulários com ele e ainda manter a atenção de uma pequena de 2 anos. É um conte e reconte com toda certeza. A dica é usar da leitura para imitar os animais entrando nas tocas. Os pequenos amam.

    Aqui uma amostra de minha pequena curtindo os livrinhos.

     

    Presente de Natal do blog pra você

    https://www.instagram.com/p/Bcc8w4WhILi/?taken-by=quemvailerpramim

    O minilivro Minha árvore de Natal prontinho para baixar, imprimir e brincar

    (pt-en e pt-fr)

    O livro traz vocabulário de brinquedos e a historinha de uma criança que resolveu surpreender papai noel com seus brinquedos embalados e deixados debaixo da árvore para ele levar e entregar a outras criaças como doação.

    Minha árvore de Natal (portugues-frances)

    Minha árvore de natal (pt-en)

    Um grande abraço e desejo de um feliz Natal com esperanças renovadas. Vamos todos pedir em oração para que nosso ano de 2018 seja um ano de união entre os povos.

    Os três porquinhos para contar e brincar com fantoches de palito.

    [caption id="" align="alignleft" width="137"] Se desejar comprar é só clicar aqui.[/caption]

    O livro

    Os três porquinhos da editora Ciranda Cultural é uma pequena adaptação da historinha em seis páginas duras que tem feito muito sucesso aqui em casa com nossa pequena que logo fará 20 meses. Desde que tinha 12 meses que ela ouve essa historinha. Isso porque ela sempre pede mais e mais.

    Se desejar comprar é só clicar aqui.

    O livro

    Os três porquinhos da editora Ciranda Cultural é uma pequena adaptação da historinha em seis páginas duras que tem feito muito sucesso aqui em casa com nossa pequena que logo fará 20 meses. Desde que tinha 12 meses que ela ouve essa historinha. Isso porque ela sempre pede mais e mais.

    Há algum tempo passando por uma papelaria eu vi esses livros e resolvi levar para casa. Hoje vejo que na Amazon.br está ainda mais barato, e que existem outros bem interessantes com atividades em adesivo que as crianças normalmente adoram.

    Curiosidades para os mais velhos

    A história original não tem nada de graciosa e romântica como você já deve saber ou imaginar. Mas nada que a criatividade não tenha transformado em uma bela versão infantil que se pode contar sem medo algum de ferir a doce imaginação de nossos pequenos. Depois de adulto é sempre interessante continuar lendo e os originais são estimulantes.


    //ad.lomadee.com/banners/script.js?sourceId=35949614&dimension=2&height=60&width=468&method=0

    A Contação

    Você sabe ler uma historinha para uma criança? Se você lê deixando a criança ouvir, observar as imagens, tocar e reagir, você está fazendo bem feito. Nenhuma criança vai gostar de apenas sentar e ouvir uma leitura corrida, né? Então, conte e reconte e faça isso do jeito mais dramático possível.

    A brincadeira

    A brincadeira é muito simples. A sugestão de hoje é um teatrinho de fantoches que pode ser feito com um teatrinho mesmo (num básico DIY) ou apenas com os fantoches. Aqui nós fizemos um teatrinho com uma caixa em que veio um joguinho de cozinha. Viramos a caixa.  Cortamos, pintamos, fizemos as cortinas e tecido mesmo, incluímos uma outra cortina branca para usarmos também num teatrinho de sombras e voilà! Não sei se nas fotos ao lado vai ser possível ver bem isso.

    Detalhe

    O diferencial nesses fantoches para o teatrinho é que eu criei uma base para os ir fixando na medida em que eles vão aparecendo na historinha. Assim não preciso tirar e colocar novamente (somente os que não vão permanecer no palco). A base eu fiz com um pedaço de rolo de piscina. Pode ser feita também com isopor. O importante é que seja possível enfiar os fantoches (de palitos) alí e que tudo seja feito preferencialmente com material reutilizado.

    Os fantoches de palito

    Os fantoches de palitos eu fiz não com palitos, mas com aqueles arames que usam nas padarias para fechar sacolas de plástico. Eu sempre guardo aquilo. Ficou perfeito porque são flexíveis e assim já aproveitei para guardar numa latinha de menthos e levar com ela em sua busy bag de viagens.

    A grande sacada

    A primeira vez que contei a historinha eu fiz com ela sentadinha só olhando e participando de longe. Depois eu pedi para ela me contar a historinha. Foi então que me surpreendi ao ver que ela apesar de não falar ainda sabe muito bem contar uma historia. Ela foi capaz de pegar os personagens na sequência, balbuciar algumas coisas e ainda soprar com o lobo. Isso sem que eu interferisse. Uma pena que eu não tenha ninguém em casa comigo a tarde para filmar tudo isso.

    A imagens para os fantoches

    As imagens dos três porquinhos eu achei num google search mesmo. Já não lembro onde, mas aqui estão as imagens e o link. Acho que foi em alguma lojinha da Elo7.

    É isso! Um grande abraço e obrigada pela visita. Se fizer algo sugerido aqui manda fotinha para eu postar no instagran do blog ou posta na rede com a tag #quemvailerpramim.

    Um beijos

    P.s – o post com o minibook da historinha está aqui.

    Sobre zoos e animais + mini-books

    Então!

    Zoo animals (animais de zoológico) versos animais na selva, savana, floresta… Que animais estariam mais felizes? Que tal discutir isso com as crianças?

    Crianças são fascinadas por animais. Eles as intrigam de todas as formas. Seja pelo tamanho, pelas cores, pela vida que levam, pelos sons que fazem ou ainda pelo perigo que representam. Animais são simplesmente demais!

    Então!

    Zoo animals (animais de zoológico) versos animais na selva, savana, floresta… Que animais estariam mais felizes? Que tal discutir isso com as crianças?

    Crianças são fascinadas por animais. Eles as intrigam de todas as formas. Seja pelo tamanho, pelas cores, pela vida que levam, pelos sons que fazem ou ainda pelo perigo que representam. Animais são simplesmente demais!

    O livro que sugiro hoje é Dear Zoo” de Rod Campbell. Eu só conheço o livro em inglês. Se você conhece em outra língua deixa um comentário e me diz onde posso conseguir.  Vou adorar a dica.

    O livro

    Indicado para crianças de 1 até 6 anos, Dear Zoo, é um livrinho sobre uma carta que uma criança escreve para o Zoo pedindo um bichinho de estimação, um pet. O zoo responde a carta e envia vários animais os quais a criança vai rejeitando até que finalmente chega um que ela gosta. O animal perfeito. O livro atrai as crianças não só pelo texto, mas também pelo formato que é feito para a criança achar que está mesmo abrindo um pacote com um animal dentro. Para quem tem pequenos que estão aprendendo inglês ele é super indicado.

     

    A ideia

    A ideia é usar o livro que é super infantil e inocente para falar sobre zoos e animais (3 a 6 anos). Para buscar com as crianças o porquê de existirem zoológicos e animais de estimação. Conversa de gente grande em formato infantil. Elas ficam fascinadas com isso também. Bom para refletir sobre a forma como tratamos os animais. Afinal, onde eles são mais felizes? Em suas selvas ou em um zoológico?

    Outra ideia é usar os animais que o livro traz para falar e brincar com outros animais através de descrições e mímicas. Que animal tem o rabo longo? Qual animal é o rei da selva? …

    Jogos em família são outra coisa muito legal de fazer com a leitura de livros infantis. Livros que trazem animais certamente vão animar as mímicas. É só escrever os nomes dos animais na língua que se deseja trabalhar em pequenos papeis e deixar que cada um pegue um papel e imite o animal que está lá. A competição não é de quem acerta mais, é de quem faz melhor a mímica. Vale a pena!

    Mini-books free download

    Outra ideia legal são esses pequenos mini-books em português, inglês (tem versão animada com QR code aqui) e francês (também com versão em QR code aqui).Mini-book bilíngue São para explorar animais (diferentes do livro Dear Zoo). Com a imagem e a descrição dos animais é possível depois fazer um jogo de advinhações se seu pequeno já fala. Se não, um jogo de mímicas ou sons sempre diverte.

    O legal desses livrinho é que eles cabem nas mãos dos pequenos e proporcionam momentos rápidos de leitura. Depois podem ser cortados e coloridos, ou transformados em imãs de geladeira ou um quebra-cabeças.

    A outra proposta já foi dita nas ideias alí em cima. Deixar sempre claro para as crianças que o melhor lugar para os animais é a floresta em que habitam.

    Imprima

    1. Save the forests
    2. Sauvons la foret
    3. Salve a floresta

    Por aí pena net

    Para além disso a série desse livro tem um site cheinho de atividades; é só clicar e acessar Dear Zoo and Friends. 

    Os QR codes destacados em alguns de nossos mini-books trazem episódios da national geographic kids e/ou vídeos do youtube e youtube kids. São muito interessantes e educativos. Você precisa instalar um leitor de QR code no seu dispositivo. Feito isso é só procurar onde está o QR e efetuar a leitura com seu pequeno. Os QR codes relacionados ao tema do livro ou da página estarão sempre em uma das páginas ilustradas. O primeiro QR code, maior leva apenas à pagina de download deste blog.

      //ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=qf_sp_asin_til&ad_type=product_link&tracking_id=suelenviana-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=141694737X&asins=141694737X&linkId=cc48c112c8917cbf116f7fdaf98c1196&show_border=true&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=fafafa

    A lagarta muito comilona | mini-book bilíngue

    A ideia não é nova. Não é de hoje que a lagarta comilona de Eric Carle passeia pelo mundo infantil em casas, escolas, murais, espaços online… Não é nova, mas não é por isso que não é bom lembrar, não é? Então vamos de uma lagarta muito comilona em português, inglês e francês (ver mini-book coleção pequenas mãos bilingues).

    A historinha é muito simples e facil de acompanhar. É simples mas tem um apelo enorme ao imaginário infantil. A lagarta é aquele bichinho que num dia de sol se põe a comer e comer até que se torna um casulo e vira borboleta. No processo de comer até se tornar uma linda borboleta a lagarta passa por dias diferentes e come quantidades e coisas bem diferentes e isso resulta em um mundo de cores e coisas a aprender e explorar.

    A ideia não é nova. Não é de hoje que a lagarta comilona de Eric Carle passeia pelo mundo infantil em casas, escolas, murais, espaços online… Não é nova, mas não é por isso que não é bom lembrar, não é? Então vamos de uma lagarta muito comilona em português, inglês e francês (ver mini-book coleção pequenas mãos bilingues).

    A historinha é muito simples e facil de acompanhar. É simples mas tem um apelo enorme ao imaginário infantil. A lagarta é aquele bichinho que num dia de sol se põe a comer e comer até que se torna um casulo e vira borboleta. No processo de comer até se tornar uma linda borboleta a lagarta passa por dias diferentes e come quantidades e coisas bem diferentes e isso resulta em um mundo de cores e coisas a aprender e explorar.

    Títulos

    Em inglês o livro se chama A very hungry caterpillar; em francês La chenille qui fait des trous; e em português Uma lagarta muito comilona.

    A ideia

    A proposta aqui do Quem vai ler pra mim? é usar dessa historinha para reconstruir outras e assim ajudar a criança a compor sua própria versão da história. Um passeio na feira, uma visita à cozinha são mais do que convidativos para brincar com essa narrativa. Momento junto para pais e filhos, professores e alunos. Por isso a crianção dos Mini-books. Eles não trazem a historinha. Trazem apenas a ilustração resumida dela.

    Youtube videos

    No canal do blog no youtube há dois videos com atividades de memorização para crianças mais velhas e, se acompanhados de um adulto enriquecedor, crianças mais novas também. Eles estão em ingles e francês.

    Aqui o vídeo do jogo de memória em inglês.

    Aplicativos

    Quem gosta de aplicativos educacionais, foi lançado em 2016 no ITunes um aplicativo educacional fantástico sobre a historinha. Está em inglês, logicamente, e se chama “The very hungry caterpillar shapes and colors”. Há outros muito fofos e bem feitos la loja do Google Play também. Em portuês e inglês. (O @quemvailerpramim só recomenda uso de telas interativas para crianças maiores de 2 anos. Isso porque até dois anos a presença dos pais ou de um adulto enriquecedor é fundamental para o desenvolvimento afetivo-emocional delas. Algo que deverá se sustentar por toda a vida. Para isso, não há melhor do que livros tradicionais, papel, e leituras compartilhadas)

    Mini-Book coleção pequenas mãos bilíngues 

    O mini-book Uma lagarta muito comilona (português-francês) da coleção pequenas mãos bilíngues aqui do @quemvailerpramim é pequenino para caber nas mãos de pequeninos. É só imprimir, cortar, colar e aproveitar. Faça o download.

    Uma lagarta muito comilona – minibook bilíngue português e francês

     Compre o livro

    E caso você ainda não tenha o livro, é fácil comprar online ou mesmo em uma livraria aí por perto.
    https://ws-na.amazon-adsystem.com/widgets/q?ServiceVersion=20070822&OneJS=1&Operation=GetAdHtml&MarketPlace=BR&source=ac&ref=qf_sp_asin_til&ad_type=product_link&tracking_id=suelenviana-20&marketplace=amazon&region=BR&placement=8574168602&asins=8574168602&linkId=166aa0be32e4ea35251067756afcd1ac&show_border=false&link_opens_in_new_window=true&price_color=333333&title_color=0066c0&bg_color=ffffff

    É isso!

    Vozes da Selva: que bichos barulhentos!

    Um passeio pelo Zoo

    Olá! Este é um post super rapidinho. Na verdade é mesmo uma nota sobre uma coisa super legal que aconteceu nesse fim de semana passado quando fomos ao zoológico do Rio de Janeiro com nossa pequena que hoje está com 17 meses.

    Um passeio pelo Zoo

    Olá! Este é um post super rapidinho. Na verdade é mesmo uma nota sobre uma coisa super legal que aconteceu nesse fim de semana passado quando fomos ao zoológico do Rio de Janeiro com nossa pequena que hoje está com 17 meses.

    O livro

    No seu primeiro ano de idade ela ganhou um livro chamado Vozes da Selva de uma grande amiga, a Andreza Lago (que é escritora de livros de EFL com a série Tasks that work e Jogos divertidos para sua aula de inglês). O livro Vozes da Selva traz os sons dos animais da selva (um pouco misturados, é verdade) com imagens super realistas embora feitas para os olhos das crianças. No início ela, nossa pequena,  teve medo das imagens e dos sons. Depois começou a gostar. E então virou seu livro favorito. Nossas brincadeiras tem sido fazer o som e a mímica dos animais do livro. Coisa simples com a qual ela se diverte.  Para a nossa surpresa, quando estávamos no Zoo ela reconheceu os animais que via no livro e fazia a  mímica e o som enquanto os víamos. Não é demais isso?

    Um bom presente

    Sugiro que se estiver pensando em dar um livro de presente para um pequeno leitor, arrisque nesse livro. A  leitura das imagens e a experiência dos sons vai apresentá-lo a um mundo fantástico de descoberta de sons, cores e vida. ????

    Plus

    Para crianças bilíngues ou que estejam aprendendo outra língua, é super tranquilo fazer as mímicas ao mesmo tempo que se diz o nome dos animais na língua alvo. Não pense que ela vai sair falando logo logo. Ela vai internalizar primeiro, criar conexões e um dia desse, vupt, ela sai falando. Tente!

    Mini-books free download

    Há também um mini book Os sons do animais|Les sons d’animaux super prático para mãozinhas pequeninas brincadem de como faz o animal. Para cada figura uma mímica ou um grunido. Arte do @quemvailerpramim

    🙂

    É isso! Valeu, tia Andreza!

    Ler faz bem: leitura na infância

    ‘Cria-se o gosto pela leitura não mandando ler, mas lendo’  

    – Rubem Alves 

    A leitura desde a primeira infância

    ‘Cria-se o gosto pela leitura não mandando ler, mas lendo’  

    – Rubem Alves 

    A leitura desde a primeira infância

    O incentivo à leitura deve, ou pelo menos pode, acontecer desde muito cedo, desde quando os pais esperam o bebê que cresce e se desenvolve no ventre da mãe.

    Tempo junto

    Isso porque a leitura requer respeito a tempo, rotina, dedicação, curiosidade, envolvimento, amor e paciência. Em princípio o ato de ler deve ser feito de forma espontânea, porque se deseja ler e não porque se deve ler. Então, para os pais que não gostam de ler, mas que estão à espera de um bebê e desejam que ele usufrua do bom hábito da leitura, eu sugiro um pequeno esforço. Valerá a pena!

    As exigências feitas pelo ato de ler (tempo, rotina, dedicação, curiosidade, envolvimento, amor e paciência) durante a gravidez, são também o início do exercício do ato diário de educar que todo pai e mãe amoroso deseja ser capaz de conseguir realizar. Educar como todos sabemos não é fácil e não é tarefa da escola apenas.

    Educação através da leitura

    Mas, porque a leitura? A leitura é um exercício passivo de educação. Quando quem lê é a mãe para o seu bebê no ventre, todo o processo de leitura poderá ser sentido pelo bebê. Toda a rotina da leitura será seguida. Desde o sentar, o respirar, o pausar, até o pensar. Isso porque o corpo reage a esse momento e o bebê vive aquilo juntamente com a mãe.

    Se a mãe faz leitura silenciosa esse processo será silencioso para o bebê também e mesmo assim ele sentirá o estado da leitura. Se ela lê para o seu bebê em voz alta, ele sentirá a vibração de sua voz, dos sons das palavras, e acompanhará a leitura. Isso vale também para o pai. Mesmo que ele não o carregue em seu ventre, a voz do pai também emite vibrações que serão sentidas e reconhecidas pelo bebê.

    A leitura é um ato lindo de reconhecimento e envolvimento familiar, além de todos os outros atos de amor a que os pais podem se dedicar.

    Podemos fazer algo?

    Quem vai ler pra mim? é um blog que sugere a leitura para pequenos, mas que em momento algum assume que a leitura seja única forma de se conectar com seus pequenos e ensinar-lhes algo. Certamente há muitas outras coisas que podemos fazer como jogos em família, brincadeiras em áreas livres, tempo junto… A matemática é simples: se podemos fazer algo de bom pelos nossos filhos, que o façamos! Vamos  às dicas.

    #Rotina

    Depois que o bebê nasce, a manutenção de uma rotina de leitura ajudará a criança a conectar todas aquelas sensações de leitura ao novo mundo que se abre para ela; e ajudará os pais no processo de educação e ensinamento para viver e sobreviver a este  mesmo mundo. Crianças precisam de rotina. Apesar de muitos acharem isso uma bobagem, o fato é que não é. Isso porque o corpo e a mente humana operam a partir de rotinas. É assim desde criança e até envelhecermos.

    Estabelecer rotinas desde cedo é o primeiro ato de educação que fazemos com as crianças. É nossa primeira batalha no ato de educar para a vida. Aos poucos elas e seus corpos vão entendendo que existe hora de mamar, de acordar, de dormir, de ir ao banheiro, de brincar, de falar…  No início tudo é caos. Tudo é tudo a toda a hora e os pais seguem a rotina natural do bebê e sofrem todo o cansaço e exaustão até que consigam com que o bebê entenda a dinâmica das rotinas. Então com o tempo existirá hora de dormir, de acordar, de comer, de ir ao banheiro, de tomar banho, de brincar, de silenciar… Feito isso, outras e outras necessidades de rotinas aparecerão.

    Os pais que fogem a essa regra de determinar rotina precisarão de muita sorte para não terem problemas mais tarde. Afinal filho é para a vida toda. É preciso disciplina porque o bebê é o grande mestre nisso tudo. Com a chegada de uma criança todos serão envolvidos em novos processos de aprendizado e de rotina. Ser pai e mãe é passar por tudo isso com alegria e amor no coração, mas não necessariamente sem dor.

    O ato de ler para a criança ajuda no estabelecimento dessas rotinas. Pelo menos das rotinas mais abstratas como o silenciar, respirar, prestar atenção, questionar, parar por um tempo, pensar, dormir, sonhar… Essas rotinas livrarão crianças e pais da exposição exaustiva à televisão ou internet e permitirão uma interação mais significativa e afetiva uns com os outros.

    A hora da leitura é a hora de uns para os outros. Desligue a televisão, o computador, abra o livro e faça disso uma rotina. Com o tempo, a criança perceberá essa rotina e entenderá o que deve vir antes, durante e depois dela.  Entenderá que silêncio não é algo estranho e perigoso.

    Muitos pais optam por fazerem atividades pré leituras que seguirão a rotina, como tomar banho, jantar e então ir para a cama e fazer a leitura. Como atividades pós leitura geralmente (se a criança ainda está acordada) vem as perguntas e respostas e finalmente o beijinho de boa noite. O estabelecimento de horas é importante. Isso também deve ser feito rotineiramente. A leitura pode ser estabelecida para todas as noites antes de dormir, ou três vezes por semana, ou apenas uma vez ao mês, mas precisa se transformar em rotina. Lembre-se, crianças precisam de rotina.

    Se os pais têm tempo com as crianças durante o dia, outras atividades ligadas à leitura podem ser feitas. A quebra da rotina pode e deve ser feita, evidentemente, mas sempre com um objetivo. Pode se tornar interessante e até atrativo para a criança saber que a rotina foi quebrada para que outra coisa, não rotineira acontecesse, como a visita a um familiar, um passeio, uma festinha, uma brincadeira, um deixa pra lá…

    Livros, e-livros, jogos ou aplicativos?

    Fica pra um próximo post. Mas, o que você acha?